Comércio eletrônico no Brasil deve ter aumento de 12% em 2018

No ano passado também foi registrado a grande presença do sistema de marketplace, que deverá permanecer neste ano.

Por Economia Pular para comentários
Comércio eletrônico no Brasil deve ter aumento de 12% em 2018

O setor de comércio eletrônico no Brasil, ao que tudo indica, não deverá ser afetado pela crise neste ano. Conforme o relatório Webshoppers 37, revelado pela Ebit na quinta-feira (8), o comércio eletrônico brasileiro terá um crescimento nominal acelerado de 12% neste ano. Para completar, a arrecadação deverá atingir R$ 53,5 bilhões em 2018.

A alta no setor será em razão da grande quantidade de pessoas que deverão comprar durante o período. O estudo prevê que mais de 60 milhões de consumidores irão adquirir produtos através de lojas virtuais durante o ano.

Comércio eletrônico no Brasil deve ter aumento de 12% em 2018.
Comércio eletrônico no Brasil deve ter aumento de 12% em 2018.

No ano passado também foi registrado a grande presença do sistema de marketplace. Esse tipo de venda, acredita-se, também deverá permanecer em alta durante este ano.

O e-commerce brasileiro será marcado pela venda através de dispositivos móveis. Em 2017, o meio representou 27,3% das vendas, para este ao a expectativa é ainda maior, chegando a atingir 37%.

Para completar, as vendas no ano anterior tiveram aumento em aquisições à vista ou em parcelas de até três vezes. O número teve uma alta de 7,6% passando de 42,2% em 2016 para 49,8% em 2017. O número continuou crescendo, deste modo, praticamente a metade das compras feitas online são realizadas sem dividir o pagamento.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários