Magazine Luiza anuncia a compra da Netshoes

A rede de eletroeletrônicos Magazine Luiza mostra que não está para brincadeira e anunciou ontem (29/4) a compra da Netshoes, loja online brasileira especializada em produtos esportivos. Luiza Trajano, CEO da empresa, pagou US$62 milhões na operação, adquirindo 100% das ações, que valiam US$ 2 cada.

Por | @Vitor_Valeri E-commerce Pular para comentários

A rede de eletroeletrônicos Magazine Luiza mostra que não está para brincadeira e anunciou ontem (29/4) a compra da Netshoes, loja online brasileira especializada em produtos esportivos. Luiza Trajano, CEO da empresa, pagou US$62 milhões na operação, adquirindo 100% das ações, que valiam US$ 2 cada (a Netshoes tem capital aberto na Bolsa de Valores de Nova York).

No comunicado enviado ao mercado, a Magazine Luiza e a Netshoes informaram que para tornar possível a compra, a primeira fechou um acordo com parte dos acionistas da Netshoes, pelo qual os signatários (que possuem 47,9% das ações) votarão favoravelmente ao procedimento de compra durante a assembléia. Com isso, eles receberão o valor de suas ações em dinheiro.

Finalizada a compra, a Netshoes se tornará uma subsidiária da Magazine Luiza. O processo de compra ainda precisará passar pela aprovação da maioria dos acionistas, que se reunirão em uma assembléia geral. Será necessário também que o processo passe também pela aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Personagem Magalu do Magazine LuizaPersonagem Magalu do Magazine Luiza

Além da operação brasileira, a Netshoes também anunciou que vendeu a sua filial na Argentina para o grupo de investimentos BT8 S.A. No entanto, detalhes sobre a operação, como valores envolvidos e informações sobre o grupo comprador não foram divulgados.  

Com operações apenas através da Internet, a Netshoes acumula prejuízos há um bom tempo. Em 2017, a empresa chegou a abrir seu capital na Bolsa de Nova York, com as ações valendo US$ 14,50 no primeiro dia do mercado. Hoje, após diversos resultados financeiros ruins, os papéis valem aproximadamente US$ 2,65. Com a compra da empresa pelo Magazine Luiza, as ações diminuíram mais ainda seu valor: algo em torno de US$ 2.

É possível ainda crescer no mercado brasileiro de produtos para esportes, que faturou 33,2 bilhões de reais no ano passado, com crescimento acima do varejo físico em geral. Entretanto um dos problemas do setor é que ele é muito pulverizado: a Centauro, maior do segmento (e que captou 772 milhões de reais com seu IPO no início de abril), domina apenas 5,4% do mercado, enquanto a Netshoes tem 4,6%.

Além do Magazine Luiza, a B2W - controladora dos e-commerces Submarino e Americanas.com - também estava na disputa pela compra da Netshoes. 

Mais sobre: Magazine Luiza, Netshoes, Luiza Trajano

Comentários
    Destaques