Após explosão em abril, a cápsula espacial da SpaceX está pronta para novos testes

A cápsula Crew Dragon explodiu em um teste de abril, mas se mostra pronta para novos protocolos e sistemas de segurança. O veículo pode carregar 7 pessoas até a Estação Espacial Internacional.

Por Ciência Pular para comentários
Após explosão em abril, a cápsula espacial da SpaceX está pronta para novos testes

O CEO da Tesla, Elon Musk, também detém a SpaceX, que por sua vez passou por um episódio desastroso em abril deste ano, quando a cápsula espacial Crew Dragon explodiu. Porém, o veículo espacial está novamente pronto e melhorado para passar por novos testes.

O objetivo da cápsula é transportar humanos até a estação espacial internacional, e posteriormente à Lua e até mesmo à Marte. Devido a tamanha ambição, os investimentos, pesquisas e testes são intensos. A cápsula Crew Dragon é capaz de transportar até 7 pessoas e já demonstrou seu potencial de chegar pelo menos até a ISS. Porém, em abril os testes de segurança falharam e resultaram em uma explosão na cápsula. Assim, todos os sistemas de segurança e protocolos tiveram de ser revistos.

Com o sucesso da SpaceX e a Crew Dragon, viagens espaciais devem dar seu primeiro passo a se tornarem mais acessíveis e democráticas. No Twitter, a SpaceX agora revela novos sistemas de segurança e um módulo de escape para garantir a segurança de tripulantes em situações de emergência.

No dia 2 de novembro, novos testes acontecerão. O objetivo passará sobretudo por testar estes sistemas de segurança que foram aprimorados, os quais estiveram envolvidos na explosão registrada em abril.

"Estamos tentando encontrar casos extremos em que as coisas dão errado. O objetivo de fazer testes não é porque achamos que tudo vai correr bem, mas sim para descobrir o que não vai correr bem. Eu acho que existe um princípio fundamental: certifique-se de que as falhas são descobertas na bancada de testes para não falhar no voo."

Agora a SpaceX em colaboração com a NASA parece avançar confiantemente em seu projeto espacial. Numa estreita colaboração com a NASA, é esperado que este veículo seja usado em missões espaciais futuras, tanto particulares como pelos EUA.

Compartilhe com seus amigos:
Bruno Ignacio de Lima
Bruno Ignacio de Lima Jornalista, gamer e geek. Louco por tecnologia. Redator de smartphones e novidades tecnológicas aqui no Oficina da Net
Quer conversar com o(a) Bruno, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Ciência