Oficina da Net Logo

Grafeno consegue purificar água poluída em segundos

Invenção pode revolucionar a vida das mais 2 bilhões de pessoas que não tem água potável para beber

Por | @Evilmaax Ciência

De todos os problemas de um mundo superpopuloso, nenhum assusta tanto quanto a escassez de água potável. E se você acha que isso é algo para as próximas gerações e que nós temos tempo para nos prepararmos para o pior, aqui vai uma má notícia: Todos os anos, milhões de pessoas morrem - crianças em sua maioria - ao redor do mundo por beber água suja e contaminada (isso sem contar aqueles que morrem pela falta do que beber e que nem mesmo possuem uma águinha suja para matar a sede).

Para resolver este problema, pesquisadores da organização australiana CSIRO criaram uma técnica de filtragem que usa uma lâmina de grafeno para transformar o líquido poluído em "bebível" em questão desegundos, por mais suja que seja a água. Tudo em apenas uma única etapa. O processo, chamado "Graphair", utiliza os nano-canais microscópicos do grafeno que permitem a passagem da água, mas segura os poluentes.

Para comprovar o quão eficaz é sua nova invenção eles captaram amostras de água da enseada de Sydney e fizeram passá-la pelo Graphair. Ao fim do processo a água já estava pronta e segura para o consumo. Lembrando que por ser água de mar, além das impurezas "normais" o Graphair removeu também o sal. Os resultados foram comprovados por pesquisadores idôneos das universidades de Sidney e da Universidade Victoria, ambas, também, na Austrália.

Mas se você acha que a grande inovação dos australianos foi usar o grafeno como purificador, aqui é que vem o pulo do gato: A possibilidade de usar o material mais forte do mundo como uma peneira já era sabida e aguardada há alguns anos, mas essa é a primeira vez que os resultados positivos são obtidos de maneira satisfatória já que, somente agora, foi desenvolvido um meio BARATO de produzir grafeno.

Acredite ou não, mas com o método desenvolvido por eles, o grafeno utilizado no purificador é obtido através de óleo de soja reciclado que, após passar pelo processo criado pelos pesquisadores, é transformado no material. Não é feitiçaria, é tecnologia.

uma amostra do Graphairuma amostra do Graphair

Agora sim a filtragem de água poderá acontecer de maneira fácil, rápida, barata e em larga escala. Até então os poluentes à base de óleo (no sentido de óleo mineral como petróleo, por exemplo) eram um problema para os filtros de água desenvolvidos, precisando ser removidos manualmente antes de cada nova filtragem, mas com o Graphair não. Ao passarem pelo gadget eles são filtrados normalmente, assim como acontece com as impurezas mais leves.

"Tudo o que é necessário no processo é o calor [usado para transformar o óleo de soja em grafeno], o próprio grafeno, uma membrana contendo o filtro e uma pequena bomba de água. Esperamos iniciar testes de campo em uma comunidade em algum país em desenvolvimento no próximo ano", disse o autor principal, Dr. Dong Han Seo, que acrescentou que a equipe está procurando por parceiros na indústria para ajudar a ampliar a tecnologia. Atualmente os cientistas buscam aperfeiçoar o invento para trabalhar com água do mar e efluentes industriais.

Além disto os possíveis campos que a invenção pode favorecer vão das energias renováveis aos  sensores, tratamentos de saúde, medicina, internet e muitos outros, já que o grafeno tem uma ampla gama de utilização, coisa que sõ não ocorreu até hoje por conta do seu custo de produção. 

Abaixo o vídeo onde eles explicam o processo e o método de purificação.

 

Atualmente a purificação de água é um processo complexo composto de várias etapas, de modo que o Graphair pode ter um impacto significativo para as cerca de 2,1 bilhões de pessoas que não possuem água limpa e segura para beber. Enquanto isso, para nós que vivemos em um país abundante em recursos, fica um pedido: Não desperdice água.

MAIS SOBRE grafeno energiaverde
SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários
Siga o nosso Instagram!

Estamos lá também: @oficinadanetoficial

Seguir o Instagram do Oficina da Net