O que é Ripple?

Muitas pessoas confundem a diferença entre Ripple, RippleNet e XRP. Confira neste artigo, as diferenças entre eles, bem como o que é Ripple.

Imagem de WorldSpectrum por Pixabay
Imagem de WorldSpectrum por Pixabay

Ripple é uma plataforma usada para a transferência de moedas (RippleNet) e uma moeda digital (ripple XRP). A plataforma em si é um protocolo de código aberto, projetado para permitir transações rápidas e baratas entre duas partes. Qualquer tipo de moeda pode ser trocado na plataforma, desde moedas fiduciárias, como libras esterlinas, a criptomoedas e milhas aéreas.

O que é Ripple?

Ripple é o nome da empresa e da rede por trás da criptomoeda XRP. A empresa foi fundada como uma rede de confiança que alavancou a mídia social. Os usuários de uma rede poderiam contornar os bancos, fazer empréstimos e abrir linhas de crédito entre si. Mas a rede não decolou.

Em 2012, três anos após o Bitcoin inaugurar a era da criptomoeda, Ripple mudou de rumo e se tornou OpenCoin 1 - uma rede para transferências de dinheiro onde grandes empresas e firmas de serviços financeiros atuavam como contrapartes nas transações.

O XRP, sua criptomoeda, foi lançado no mesmo ano e os fundadores, que o codificaram, doaram 80 bilhões de XRP como corpus inicial. O objetivo do XRP era servir como um mecanismo intermediário de troca entre duas moedas ou redes. OpenCoin tornou-se Ripple Labs em setembro de 2013.

Em seu site, a Ripple se descreve como uma rede global de pagamentos e conta com os principais bancos e serviços financeiros entre seus clientes. O XRP é usado para facilitar a conversão rápida entre diferentes moedas.

Dessa forma, Ripple é uma plataforma e uma moeda. É um protocolo de código aberto projetado para possilibitar transações rápidas e baratas.A plataforma tem sua própria moeda (XRP), mas também permite que todos possam usar a plataforma para criar sua própria moeda via RippleNet.

O que é RippleNet?

RippleNet vem a ser uma rede de provedores de pagamentos institucionais, tais como bancos e empresas de serviços financeiros, que fazem uso de soluções criadas pela Ripple para dar uma experiência única para enviar dinheiro globalmente.

Vejamos o exempo: O Sr. Jones mora em Nova York e tem uma caixa de chocolate que não gosta. Ele está muito interessado em assistir a um jogo de beisebol, mas não tem ingresso. Já Sra. Smith mora em Los Angeles e tem um selo raro que gostaria de dar por uma caixa de chocolate. Por último, temos o Sr. Brown, que mora no Alasca e está procurando muito por um selo raro, e ele um ingresso para um jogo de beisebol em Nova York.

Em nosso sistema atual, essas pessoas certamente nunca se encontrariam e ficariam com seus objetos "não valiosos". Mas no mundo Ripple eles poderiam dizer: "Ei, eu tenho chocolate, eu quero beisebol" e o sistema procurará uma combinação mais curta e mais barata para fazer isso acontecer.

Além disso, a plataforma permite fazer pagamentos em qualquer moeda incluindo Bitcoin e ter uma comissão interna de transação mínima de US$ 0,00001. Sim, essa é a quantidade certa de zeros. A única razão pela qual ele não é gratuito é para evitar ataques DDos.

O que é XRP

XRP é a criptomoeda nativa para produtos desenvolvidos pela Ripple Labs. Seus produtos são usados para fazer pagamentos, troca de ativos e sistemas de remessa que funcionam mais como o SWIFT , um serviço de transferência internacional de dinheiro e títulos utilizado por uma rede de bancos e intermediários financeiros. O XRP é pré-minerado e usa um método menos complicado de mineração em comparação com o Bitcoin.

Quem são os fundadores da Ripple Labs

Jed McCaleb é um conhecido programador e empresário. Ele foi cofundador de várias criptomoedas, incluindo Ripple, Stellar, eDonkey, Overnet, bem como uma bolsa de criptomoedas Mt. Gox, que em seu auge estava lidando com mais de 70% de todas as transações de Bitcoin em todo o mundo.

Chris Larsen é um investidor, executivo de negócios e ativista da privacidade, eleito a pessoa mais rica em criptomoedas. Ele é conhecido por co-fundar várias startups no campo de serviços financeiros online, começando com um credor hipotecário online E-loan em 1996.

Para que é usado o Ripple

  1. Câmbio de baixa comissão. Existem muitas moedas que não podem ser convertidas diretamente entre si. Dessa forma, os bancos precisam usar o dólar americano como mediador. Portanto, há uma dupla missão: converter a moeda A em USD e USD em moeda B. Ripple também é um mediador, mas muito mais barato do que USD.

  2. Transações internacionais rápidas. O tempo médio de transação é de 4 segundos. No Bitcoin, as transações levam em média uma hora, enquanto outros bancos podem levar até alguns dias.
  3. Ecossistema de pagamentos. O usuário pode emitir sua própria moeda para transações rápidas e baratas. Por exemplo, pode-se criar uma moeda para comprar e ver vinis antigos ou bonecos de ação entre os colecionadores.

Quais bancos suportam Ripple

  • Santander
  • Eixo do Banco
  • Sim Banco
  • Westpac
  • Crédito da União
  • NBAD
  • UBS

O Ripple é um bom investimento?

Aviso: não existe investimento 100% seguro e cada decisão tem seus riscos. Em qualquer caso, cabe a você decidir. No entanto, abaixo estão alguns prós e contras para ajudá-lo.

Prós:

  1. Ripple é uma organização oficial com a confiança de muitos bancos - não é outra startup Blockchain de uma empresa sem nome.
  2. Sem inflação.
  3. Quanto mais os bancos o usarem como plataforma de transação, maior será o valor do XRP.

Contras:

  1. É altamente centralizado. A ideia da criptomoeda é evitar o controle centralizado. Como os tokens já foram extraídos, os desenvolvedores do Ripple podem decidir quando e quanto liberar ou não. Então, é basicamente como investir em um banco.
  2. Além da centralização, hoje é praticamente um monopólio, já que a Ripple Labs detém 61% das moedas.
  3. É open source - muito inteligente, mas mesmo assim, uma vez que o código esteja acessível, há uma boa chance de muitas pessoas tentarem hackeá-lo.

Bitcoin x XRP

As principais diferenças entre Bitcoin e XRP são as seguintes:

Ambos têm métodos diferentes para validar transações

Ao invés de usar o conceito de mineração blockchain, a rede Ripple usa um mecanismo de consenso exclusivo para validar transações, nas quais os nós participantes verificam a autenticidade de uma transação conduzindo uma pesquisa. Isso permite confirmações quase instantâneas sem uma autoridade central.

O resultado final é que o XRP permanece descentralizado e é mais rápido e confiável do que muitos de seus concorrentes. Isso também significa que o sistema de consenso XRP consome quantidades insignificantes de energia em comparação com o Bitcoin, que é considerado um consumidor de energia.

XRP é mais barato e mais rápido que Bitcoin

Devido à natureza complicada e intensiva da mineração usada na criptomoeda, as confirmações de transações de Bitcoin podem levar muitos minutos e estão associadas a altos custos de transação. As transações XRP são confirmadas em segundos e geralmente ocorrem a custos muito baixos.

XRP tem mais moedas no mercado

Cerca de 1 bilhão de XRP foram pré-minerados no lançamento e foram lançados gradualmente no mercado por seus principais investidores. Em contraste, o fornecimento de Bitcoins é limitado a 21 milhões, o que significa que haverá apenas 21 milhões de Bitcoins existentes.

Veja também:

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário