VoIP: cinco passos para uma boa implementação

As promessas da migração para a telefonia IP são muitas: redução de custo, flexibilidade e mais funcionalidades. Implementar Voz sobre IP (VoIP), no entanto, exige um planejamento bem estruturado e, para que o projeto seja bem sucedido é fundamental contar com uma análise cuidadosa e uma avaliação da rede e das necessidades dos usuários, medindo e monitorando o ambiente continuamente.

Por Tecnologia Pular para comentários

As promessas da migra??o para a telefonia IP s?o muitas: redu??o de custo, flexibilidade e mais funcionalidades. Implementar Voz sobre IP (VoIP), no entanto, exige um planejamento bem estruturado e, para que o projeto seja bem sucedido ? fundamental contar com uma an?lise cuidadosa e uma avalia??o da rede e das necessidades dos usu?rios, medindo e monitorando o ambiente continuamente.

Basicamente, temos cinco passos que devem ser considerados no planejamento para implanta??o de um ambiente VoIP:
1- Verificar se a rede ir? suportar VoIP. Quando mudamos a comunica??o por voz de circuitos dedicados para protocolo IP, a voz ?, de certa maneira, for?ada a competir com tudo o que h? na rede corporativa. Para evitar conflitos entre voz e dados, a rede precisa ser ajustada de forma a priorizar voz e acomodar a largura de banda destinada aos outros servi?os que utilizam a rede.

Por isso, ? fundamental determinar o estado atual da rede para acomodar VoIP. Essa avalia??o ajudar? a determinar quais segmentos da rede precisam ser reconfigurados ou atualizados para suportar os requisitos de voz.

2 - Implementar a solu??o de maneira modular. N?o implemente um ambiente de VoIP na empresa inteira de uma s? vez. Fa?a um piloto antes de colocar o VoIP em opera??o em toda a empresa, ou implemente a solu??o por partes. O piloto e a implementa??o modular permitem que a empresa confira se o sistema est? funcionando corretamente e fa?a pesquisas junto aos funcion?rios para avaliar a satisfa??o do usu?rio, disponibilidade e qualidade.

3 - Criar mapas de servi?o da rede e ajustar os acordos de n?vel de servi?o. Durante a fase de pr?-implementa??o, os administradores da rede devem elaborar mapas da rede e definir os acordos de n?vel de servi?o junto aos departamentos e clientes externos. Com o devido invent?rio da rede na forma de um mapa de servi?os, os administradores conseguem detectar poss?veis gargalos e ?reas da rede que precisam ser atualizadas ou ampliadas para suportar o tr?fego extra. ? importante definir os requisitos com anteced?ncia para atender ?s expectativas dos envolvidos, dos departamentos de tecnologia e dos usu?rios finais, cujos coment?rios ajudar?o em uma experi?ncia melhor no ambiente VoIP.

Na defini??o das pol?ticas de monitoramento, avalia??o de desempenho e gerenciamento da rede e do sistema VoIP faz-se necess?rio o uso de m?tricas para o monitoramento do tempo de operabilidade da rede e o tempo de resposta da rede e dos aplicativos. Os dados coletados s?o utilizados para avaliar aspectos relacionados aos servi?os como retardo, jitter e tempo de operabilidade. Os relat?rios confirmam se todos os requisitos e expectativas foram atendidos.

4 - Levar em conta a Qualidade da Experi?ncia (QoE). A Qualidade da Experi?ncia (QoE) ? uma forma de medir a percep??o do usu?rio quanto ? qualidade da experi?ncia de telefonia. Com o QoE ? poss?vel verificar o desempenho sob a ?tica do usu?rio final, medindo at? que ponto a rede est? atendendo aos seus requisitos. Com base no QoE, o departamento de TI ter? mais subs?dios e ser? capaz de agir r?pido em caso de problemas como qualidade de voz, intermit?ncia e assuntos t?cnicos.

5 - An?lise, reavalia??o e repeti??o. As redes n?o s?o est?ticas, da? a import?ncia da implementa??o de um processo de monitoramento constante. Qualquer mudan?a na infra-estrutura ou nos padr?es de uso tem impacto em toda a rede. Ativar e desativar servidores, atualizar hardware ou virtualizar partes do ambiente pode interferir nos servi?os de VoIP.

O monitoramento constante, a avalia??o das opera?es de TI e a apresenta??o de relat?rios sobre os n?veis de servi?o fornecer?o as informa?es necess?rias para a resolu??o r?pida de panes na rede e problemas com o sistema. Essa an?lise t?cnica e de business intelligence apoiar? os planos de aprimoramento dos servi?os que sustentar?o a implementa??o VoIP, para que os usu?rios n?o sofram degrada??o de desempenho nas chamadas.

Grande parte do gerenciamento dos sistemas e aplicativos VoIP podem ser automatizados de forma a viabilizar a avalia??o e o monitoramento consistente de acordo com os devidos referenciais. Esses referenciais permitem que os administradores monitorem o desempenho e a disponibilidade, assim como previnam, diagnostiquem e resolvam problemas.

Por: F?bio Amorim ? Business Development Engineer da Attachmate Am?rica Latina
Fonte: Ipnews

Compartilhe com seus amigos:
Quer conversar com o(a) Redação, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,36%)
10(56,62%)
15(11,96%)
20(8,56%)
26(7,50%)