O que é cloaking SEO?

Cloaking é uma técnica classificada como Black Hat SEO (técnica negativa) que serve para mostrar um conteúdo para o usuário e outro para os buscadores. Este é o termo mais simples de mostrar o que é a técnica.

Por | @nmuller99 Marketing Digital

O que é cloaking SEO?
Cloaking é uma técnica classificada como Black Hat SEO (técnica negativa) que serve para mostrar um conteúdo para o usuário e outro para os buscadores. Este é o termo mais simples de mostrar o que é a técnica. Algumas pessoas consideram o cloaking como sendo uma técnica válida dependendo de como é utilizada.


Algumas técnicas de cloaking conhecidas:


URL igual, dois conteúdos: Esta é a que descrevemos acima, que quando um usuário acessa o site vê determinado conteúdo e quando o buscador acessa vê modificações deste conteúdo ou totalmente diferente – em alguns casos.
  • Cloaking Por User-Agent: Detecta o user-agent e o classifica.
  • Cloaking Por IP Delivery: Entrega um conteúdo diferente para um usuário de IP específico.
  • Cloaking Por Geo-Targeting: Entrega um conteúdo diferente para usuários dentro de uma faixa de IPs que delimitam uma região do mundo específica.

Informações falsas: esta é outra forma de cloaking, onde o site apresenta nas tags title, meta-description certas informações e quando o site é aberto o conteúdo é outro ao que foi apresentado. Hoje alguns navegadores estão de certa forma deixando de lado a meta-description e captando conteúdo diretamente de dentro da página geralmente ao redor das palavras-chave do título, justamente para evitar esta técnica.

Esconder conteúdo: mais uma forma de cloaking é esconder conteúdo usando css assim somente os navegadores teriam condições de “ler” as informações.

Uso de Ajax: O Ajax muitas vezes não é indexado pelo buscador se não for corretamente implementado, portanto ao mostrar a informação, o navegador não consegue captá-la, somente usuários que tenham navegadores com interpretador de javascript.

Sites em flash: Os sites em flash ou multimídia também tem o mesmo uso do Ajax, como os buscadores ainda não estão aptos a ler as informações de dentro de um flash, eles não conseguem validar se o que está sendo passado nas meta tags é o que o usuário está realmente vendo.


Cloaking do New York Times


O caso mais conhecido de cloaking foi do site do jornal The New York Times. O caso foi que o jornal cobra para exibir o conteúdo completo para o usuário, enquanto um buscador quando acessava, recebia a informação completa, a primeira técnica que apresentamos aqui. O jornal pegou o IP dos robôs de busca e para estes IPs ele mostrava o conteúdo completo, quando um usuário não assinante visitava o site através da busca não via o mesmo conteúdo que era apresentado nas SERPS, assim obtendo vantagens nos resultados da busca e mostrando um conteúdo diferente do que deveria ser apresentado.

Depois deste caso que o Google começou a aplicar punição a estas técnicas e começou a indexar como descrição dos links na busca as informações que ele consegue captar dentro do site.


Cloaking do bem?


Algumas pessoas no mundo de SEO acham que o cloaking é uma boa técnica para utilizar nos casos de conteúdo pago, por exemplo o New York Times. Outros concordam que a utilização de cloaking para conteúdos em flash, mostrar que aquele site tem o conteúdo X em forma de texto para os robôs de busca e em forma flash para as pessoas. De certa forma isto também não deixa de estar errado visto que você quer que as pessoas acessem o site para obterem informações no caso do flash, não está fazendo algo que possa ser considerado errado, não é de culpa dos criadores do site ou do cliente que os buscadores não conseguem indexar as informações.

Este assunto da muito pano pra manga, este artigo é feito para mostrar o que é a técnica e quais formas que são feitas, falaremos mais adiante em outros artigos sobre as técnicas Black hat.

Mais sobre: seo guiaseo black hat
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter