Mesmo assim, não é difícil encontrar estudantes interessados pela área que não sabe qual curso deles irá fazer, essa dúvida deve-se ao fato de que na maioria das vezes eles não sabem distinguir as diferenças de cada um deles.

Os nomes dos cursos são parecidos, e todos obviamente estão ligados à informática, porém, é muito importante conhecer bem o diferencial de cada um para os alunos não tenham uma decepção ao descobrir que o curso escolhido não é exatamente o que gostariam de fazer. Abaixo as diferenças:

Ciência da Computação

O curso também é conhecido como "ciências da computação" por algumas universidades ou faculdades. O curso aborda de maneira aprofundada os conceitos e teorias da computação, dando uma sólida formação em áreas como estruturas de dados, algoritmos, linguagens de programação, desenvolvimento e análise de sistemas, entre outras. Quem escolher essa área irá trabalhar essencialmente com software e que tem um forte embasamento em fundamentos matemáticos e em cálculo.

O estudante de Ciência da Computação estará preparado para resolver problemas reais, aplicando soluções que envolvam computação, independente de qual seja o ambiente, podendo ser comercial, industrial ou mesmo científico. Os alunos que se formam neste curso tem uma grande variedade de carreiras profissionais que poderão seguir, já que a computação é aplicada em diversas áreas do conhecimento. O profissional em Ciência da Computação basicamente analisa as necessidades dos usuários, desenvolve programas e aplicativos e instala sistemas de computação. O trabalho desenvolvido por estes profissionais atende áreas simples como programas simples de estoque como também atende áreas mais complexas como a da medicina e pesquisas espaciais.

Grande parte das pessoas que possuem graduação em Ciência da Computação segue carreiras ligadas ao desenvolvimento de software, que abordam a especificação, modelagem, codificação, teste e avaliação de sistemas de software. No entanto, outros segmentos podem ser seguidos, como segurança da informação ou estrutura de redes, Internet, Web e computação móvel, entre outros.

Engenharia da Computação

Esse curso possui muitas semelhanças com o curso de Ciência da Computação, sendo que, possui muitas disciplinas em comum. Em decorrência disso, alguns países não fazem distinção entre os dois cursos. O Brasil é um dos países que fazem a distinção. A área de engenharia da Computação trabalha mais com hardware, sendo que, a Ciências da Computação prioriza o software. Os profissionais em Engenharia da Computação se tornam aptos a projetar e a implementar tecnologias de hardware e software em equipamentos, aplicações industriais, redes de comunicação.O Engenheiro da Computação atua principalmente em projetos de redes de empresas locais ou em larga escala tais como campus universitários e também em projetos de automação industrial e também no desenvolvimento de sistemas de segurança.

Sistemas de Informação

Esse é um curso focado no planejamento e desenvolvimento de sistemas de informação e automação. O profissional da área é capaz de planejar e organizar o processamento, armazenamento e a recuperação de informações. O profissional ainda adapta, cria e instala programas com a finalidade de facilitar as consultas e administra redes. O profissional trabalha também nas redes internas das empresas e outras instituições. Na internet, ele é responsável por montar e gerenciar bancos de dado. O profissional ainda pode criar e desenvolver páginas na Internet, um trabalho que exige bom gosto e criatividade.

O mercado para o profissional da área é bastante amplo, pode trabalhar em empresas públicas e privadas, como também na indústria e comércio. Um dos quesitos para o sucesso do profissional é dominar a língua inglesa, já que, muitos dos programas estão em inglês. Basicamente, o profissional de Sistemas de Informação é mais focado em aplicar recursos de computação na solução de problemas, especialmente de atividades corporativas, do que desenvolvê-los.

Para àqueles que estão interessados em fazer algum dos cursos acima, preparem-se, pois o mercado apesar de ser muito amplo é bastante rigoroso na escolha das profissionais. Buscas os mais preparados e atualizados.

Deste modo, aos futuros profissionais da área, procurem ao máximo as informações na escolha do curso e depois estudem bastante, mantenham-se sempre a par das novidades, pois um bom profissional está sempre conectado as evoluções do mundo.