Padrões SCORM - O que é isso?

O SCORM (Sharable Content Object Reference Model) é um conjunto unificado de padrões e especificações para conteúdo, tecnologias e serviços para e-learning. Define um modelo de agregação de conteúdo (content aggregation model) e um ambiente de execução (run-time environment) para objetos educacionais baseados na web.

Padrões SCORM - O que é isso?

O SCORM (Sharable Content Object Reference Model) é um conjunto unificado de padrões e especificações para conteúdo, tecnologias e serviços para e-learning. Define um modelo de agregação de conteúdo (content aggregation model) e um ambiente de execução (run-time environment) para objetos educacionais baseados na web.

O argumento para utilização do SCORM no desenvolvimento de conteúdo para e-learning pode ser resumido no acrônimo "RAID", ou seja, reusabilidade, acessibilidade, interoperabilidade e durabilidade. Um dos objetivos do SCORM é propiciar a independência de plataforma na qual os objetos serão utilizados, assim como facilitar a migração de cursos entre diferentes ambientes de gerenciamento de aprendizagem que sejam compatíveis com esse padrão. A migração de um curso "empacotado" utilizando as especificações do SCORM demanda esforço mínimo.
Além disso, o conteúdo desenvolvido em conformidade com SCORM é independente de contexto, ou seja, funcionará em situações variadas, seja inserido em um ambiente de gerenciamento de aprendizagem ou como parte de um curso on-line publicado diretamente na web ou ainda em cenário híbrido.

Para a versão atual, SCORM 1.2, a ADL publicou as especificações em três seções: visão geral (The SCORM Overview), modelo de agregação de conteúdo (The SCORM Content Aggregation Model) e ambiente de execução (The SCORM Runtime Environment). A figura ilustra a organização do SCORM como um conjunto de especificações de outras organizações contidas ou referenciadas no modelo.


O empacotamento de conteúdo refere-se ao empacotamento de todos os recursos necessários para distribuir um curso. A descrição desses recursos, os metadados do curso e a seqüência do conteúdo do curso são descritas em um arquivo XML chamado imsmanifest. O formato desse arquivo é descrito no modelo de agregação de conteúdo do SCORM, que é baseado na especificação de empacotamento de conteúdo do IMS. A especificação de empacotamento de conteúdo define a estrutura de navegação, os arquivos utilizados e os metadados do curso (descrição do curso). Um curso empacotado é constituído pelos arquivos de recursos do curso e o arquivo imsmanifest.xml reunidos em um arquivo do tipo zip.
O SCORM define duas categorias de metadados: metadados do curso e metadados do estudante. A primeira categoria, descrita no modelo de agregação de conteúdo do SCORM, descreve metadados de conteúdo e recursos do curso, que fornecem meios para busca e recuperação de objetos em repositórios. A segunda categoria, descrita na especificação do modelo de execução do SCORM, é utilizada para rastrear os perfis e performance dos estudantes.

O SCORM também descreve métodos para conduzir as comunicações entre o curso e o ambiente de gerenciamento de aprendizagem. Isso é referido como o ambiente de execução do SCORM, que inclui comunicações sobre a situação do curso, ou seja, quais materiais estão sendo apresentados para o estudante, assim como informações sobre o progresso do aluno durante o curso. O ambiente de execução do SCORM é derivado do modelo de execução do AICC. A padronização dessas comunicações minimiza os problemas associados com a migração de cursos entre ambientes de gerenciamento de aprendizagem, uma vez que tradicionalmente cada ambiente utiliza sua própria forma de rastreamento e gravação do progresso do aluno durante um curso. Essencialmente, o ambiente de execução do SCORM é implementado através de oito comandos especiais que comunicam-se com o ambiente de gerenciamento de aprendizagem usando javascript inserido nas páginas web do curso. No SCORM, o ambiente de gerenciamento de aprendizagem é responsável pelo controle da distribuição dos objetos de aprendizagem aos estudantes, ou seja, tem a habilidade de determinar o que e quando deve ser entregue e rastrear o progresso do estudante durante o curso.

Referências:
Advanced Distributed Learning (ADL). Disponível em: http://www.adlnet.org. Acesso em: 13 jun. 2003.
Advanced Distributed Learning. Sharable Content Object Reference Model Version 1.2 - The SCORM Content Aggregation Model. October, 2001.
Advanced Distributed Learning. Sharable Content Object Reference Model Version 1.2 - The SCORM Overview. October, 2001.
Advanced Distributed Learning. Sharable Content Object Reference Model Version 1.2 - The SCORM Runtime Environment. October, 2001.

O melhor celular intermediário para importar?

Conteúdo relacionado

Realme GT Master: Celular Premium da marca chega ao Brasil; confira preços e ficha
Celulares

Realme GT Master: Celular Premium da marca chega ao Brasil; confira preços e ficha

Lançado dia 19 de outubro de 2021 no Brasil, o Realme GT Master Edition chega para ser o carro-chefe de tecnologias da fabricante.

Diferença entre os padrões SCORM e AICC
Internet

Diferença entre os padrões SCORM e AICC

Leia e aprenda a diferença entre os padrões SCORM e AICC usados para o nosso mundo e-learnig. O SCORM é um modelo de referencia (conjunto de padrões) para criação de objetos de aprendizagem (pequenos conteúdos autocontidos).

O modelo de referência OSI
Hardware

O modelo de referência OSI

O modelo OSI (exceto o meio físico) é mostrado na Figura 1.20. Esse modelo se baseia em uma proposta desenvolvida pela ISO (International Standards Organization) como um primeiro passo em direção à padronização internacional dos protocolos empregados nas diversas camadas (Day e Zimmermann, 1983). Ele foi revisto em 1995 (Day, 1995). O modelo é chamado Modelo de Referência ISO OSI (Open Systems Interconnection), pois ele trata da inter conexão de sistemas abertos — ou seja, sistemas que estão abertos à comunicação com outros sistemas. Para abreviar, vamos denominá-lo simplesmente modelo OSI.