Novas tecnologias e proximidade com alunos são fundamentais

Somente o investimento em qualidade pode tornar a EAD (Educação a Distância) uma modalidade rentável. A conclusão é dos especialistas que estiveram presentes no Seminário "Como tornar a EAD um negócio rentável para IES" promovido pelo IBC (International Business Communications), no último dia 6 de maio.

Por | @DanielPaulinoS Internet
Somente o investimento em qualidade pode tornar a EAD (Educação a Distância) uma modalidade rentável. A conclusão é dos especialistas que estiveram presentes no Seminário "Como tornar a EAD um negócio rentável para IES" promovido pelo IBC (International Business Communications), no último dia 6 de maio. Eles afirmam que o sucesso da modalidade é possível quando a instituição prioriza investimentos em prol da qualidade. Entre outros fatores, isso significa apostar numa plataforma de ensino eficiente, aliada ao treinamento de pessoal para dar suporte aos alunos.


Na opinião de Paulo Ricardo Diniz (coordenador de atividades corporativas da UNOPAR (Universidade do Norte do Paraná)), investir em pólos presenciais com infra-estrutura tecnológica de suporte aos alunos também é um diferencial competitivo. "Se a EAD fosse totalmente on-line abrangeríamos apenas as cidades que são digitalmente incluídas, ou seja, cidades em que se concentram as universidades. O foco do ensino a distância é atingir alunos de localidades onde não há acesso aos cursos de graduação tradicionais", afirma.

Segundo o mesmo Diniz ai de cima, ele acredita que enquanto a EAD não se expandir e houver localidades em que os alunos carentes sejam excluídos digitalmente, o pólo serve como apoio para garantir que este estudante não desista do curso e diga-se de passagem, ele esta mais que correto. Isso porque, hoje, o maior desafio da universidade é manter este aluno conectado à plataforma virtual de ensino sem se desmotivar.

Mais sobre: ead negócio rentável ies
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo