O Facebook lança silenciosamente o novo aplicativo de criação de memes

O Facebook lançou discretamente um aplicativo de criação de memes na semana passada, marcando a mais recente tentativa da rede social de atrair usuários mais jovens.

Por Apps Pular para comentários
O Facebook lança silenciosamente o novo aplicativo de criação de memes

O aplicativo, chamado Whale, chega para trazer uma maneira fácil de sobrepor efeitos diferentes sobre textos e fotos.

Os usuários podem compartilhar rapidamente os memes que fazem em outros aplicativos do Facebook, como Instagram e Messenger, de acordo com as capturas de tela da App Store.

O Whale foi lançado na semana passada e segue disponível somente na App Store canadense da Apple. Na tentativa de buscar na Google Play o aplicativo não aparece. Na realidade se você buscar fora na própria App Store da Apple ele não vai aparecer, exceto se você estiver no Canadá.

Screenshots of Whale - Facebook via Apple App Store
Screenshots of Whale - Facebook via Apple App Store

O Whale foi criado por um grupo iniciante de skunkworks no Facebook chamado New Product Experimentation, que também está por trás de outros dois aplicativos, chamados Bump e Aux, que também são voltados para pessoas mais jovens.

Screenshots of Bump - Facebook via Apple App Store
Screenshots of Bump - Facebook via Apple App Store

Esses aplicativos ainda precisam ganhar força. Um porta-voz do Facebook disse que os aplicativos que o grupo cria podem ser desligados rapidamente e visam ajudar a empresa a encontrar novos recursos e serviços que as pessoas gostem.

Screenshots of Aux - Facebook via Apple App Store
Screenshots of Aux - Facebook via Apple App Store

Logo, estamos diante de uma equipe criada para trazer novas ideias e, se tratando do Facebook, tendo sucesso, esses aplicativos acabam virando funções dentro do Facebook ou Instagram e em caso de fracasso, simplesmente são abandonados pela empresa. Puro capitalismo selvagem! A vida é assim mesmo.

Vemos que em todos esses novos aplicativos um só objetivo, atingir um público mais jovem do que o normal dentro da plataforma do Facebook. A rede social deve realmente renovar seus usuários. Isso aconteceu em parte com o Instagram, mas muitos adolescentes ainda usam o Snapchat e agora o TikTok. E claro que o Facebook não vê isso com bons olhos.

Me espanta inclusive que o Zuckerberg ainda não tenha direcionado sua carteira para o TikTok por exemplo e feito uma proposta de compra.

Assim que o aplicativo estiver disponível aqui no Brasil, voltarei para informar!

Leia também: As 10 maiores redes sociais em 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários