Coronavírus: Apple anuncia fechamento de todas as lojas fora da China

Em uma decisão radical para impedir que seus clientes e funcionários sejam infectados com coronavírus, a Apple decidiu fechar suas lojas fora da China.

Coronavírus: Apple anuncia fechamento de todas as lojas fora da China

O surto de coronavírus tem afetado muitas empresas de tecnologia e principalmente grandes eventos. Logo em fevereiro, a MWC 2020 foi cancelada pela GSMA (organizadora do evento) devido a preocupação com a disseminação do vírus, enquanto que outros eventos importantes como a WWDC, Microsoft Build e Google I/O, por exemplo, serão apenas online.

Agora, uma medida radical foi tomada pela Apple para proteger a saúde de seus funcionários e clientes. Através de uma postagem no Twitter, Tim Cook, CEO da empresa, revelou que todas as lojas fora da China serão fechadas até 27 de março. O executivo também disse que US$ 15 milhões serão doados para ajudar no combate ao coronavírus.

Como fica bem claro no comunicado, as lojas da Apple em todo o mundo terão suas atividades encerradas, e isso evidentemente inclui o Brasil. Por aqui, existem duas Apple Store: uma no Rio de Janeiro e outra em São Paulo. A empresa ainda informou que os dispositivos que estão na garantia e foram enviados para reparo, só estarão disponíveis para retirada após essa data.

Vale lembrar que a Apple também adotou medidas menores para impedir o contágio de seus funcionários, e uma delas é o trabalho home office. "Em todos os nossos escritórios, estamos adotando acordos de trabalho flexíveis. Isso significa que os membros da equipe devem trabalhar remotamente, se seu trabalho permitir, e aqueles cujo trabalho exige que eles estejam no local devem seguir as orientações para maximizar o espaço interpessoal", disse um representante da companhia.

Via

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário