Tim Cook revela que Apple registrou recorde de ativações do iPhone no Natal nos EUA e Canadá

Mesmo sem revelar quais aparelhos foram comercializados, Tim Cook relata através de memorando que no Natal foi batido um recorde de ativações de iPhones.

Por | @oficinadanet Apple Pular para comentários

A Apple, recentemente, cortou a sua previsão para o primeiro trimestre em razão das fracas vendas. A informação surgiu através de um memorando enviado por Tim Cook, aos funcionários. No documento, que foi obtido pela Bloomberg, o executivo tenta amenizar a situação.

De acordo com ele, mesmo com números abaixo do esperado, “as ativações do iPhone nos EUA e no Canadá estabeleceram novos recordes do dia de Natal” para a companhia.

Tim Cook revela que Apple registrou recorde de ativações do iPhone no Natal nos EUA e Canadá.Tim Cook revela que Apple registrou recorde de ativações do iPhone no Natal nos EUA e Canadá.

O memorando reforça a declaração original de Cook em que cita o déficit de 9 bilhões de dólares em receita após o baixo desempenho do iPhone na China. “Esperamos  estabelecer recordes de receita em todos os tempos nos principais mercados, incluindo EUA, Canadá e México, países da Europa Ocidental, incluindo Alemanha e Itália, e países da região Ásia-Pacífico, como Coréia e Vietnã", diz Cook.

De qualquer forma, as informações são bastante inconsistentes, já que, mesmo mencionando um recorde de vendas no Natal, Cook não especifica quais modelos tiveram maior saída. Mas, conforme o The Verge, é possível que os modelos mais antigos e baratos tenham tido uma maior procura, e não apenas os modelos mais novos.

A notícia é boa, mesmo não sendo das melhores para a empresa. Devemos levar em consideração que Estados Unidos e Canadá são países de primeiro mundo, sendo que as pessoas possuem um poder aquisitivo maior se comparado a outros locais. Por conta disso, se a Apple quiser continuar firme no mercado deverá repensar sua permanência em outros locais.

Mais sobre: iPhone, vendas, apple