Bug dá pau em iPhones e Macs com apenas 1 carácter

Mais 1 Apple??? Tá certo, os telefones são bem baratinhos ^^

Por | @Evilmaax Apple

Talvez você lembre que em 2015 surgiu um bug nos dispositivos da Apple que funcionava da seguinte maneira: Uma mensagem escrita em árabe ou chinês continha uma letrinha que os dispositivos iOS não conseguiam processar, assim, se o usuário abrisse a mensagem ou tweet que continha o texto, o seu iPhone/iPod ou iPad congelava. O bug tão simples quanto bizarro mexeu com a moral da empresa que se considera a mais segura das fabricantes de smartphones. Pois bem, erros acontecem e em alguns dias após ser descoberta, a falha foi sanada.

Vida que segue até que em 2017 surge o mesmo problema, mas dessa vez com uma combinação de emojis. E lá foi a Apple atrás do prejuízo o quanto antes. Problema resolvido. Daí você pensa: "ok, 2 vezes, agora eles estão vacinados e isso não vai mais acontecer".

Deveria ser assim, mas ao que tudo indica a Apple não aprende com seus erros, pois nos primeiros dias de 2018 surgiu uma nova combinação de caracteres que. adivinhe, podia travar tudo nos devices da maçãzinha. E lá foram os engenheiros da Apple. Em pouco tempo a falha, chamada "chaiOS" que fazia com que os dispositivos que possuíssem e rodassem o aplicativo iMessage dessem pau ao receber um simples link. Problema resolvido.

Maaaaaaaaaaaaaaaaas, como você já deve estar esperando, eis que aparece um novo e similar problema. O problema dessa vez, conforme explicado pelo Mobile World, é uma letrinha do idioma Telugu, falado por cerca de 70 milhões de pessoas na Índia. O problema dessa vez se estende ao Apple Watch e até aos Macs.

O vilão da vezO vilão da vezApós receber o carácter em dispositivo, ou digitado no iMessage, irá, no mínimo, interromper o aplicativo senão o SpringBoard inteiro (o software principal que executa e gerencia a tela inicial do iOS).

O erro acontece também com demais aplicativos de comunicação, incluindo o WhatsApp, Twitter, Facebook Messenger, Gmail e Outlook. Telegram e Skype, até então, mostram-se imunes. Apps do watchOS apresentam a mesma falha, enquanto que nos Macs os aplicativos afetados incluem Note, Safari e a App Store.

O bug é particularmente irritante para os usuários de iPhone, porque uma vez que o dito cujo foi recebido pelo iMessage, ou qualquer outro mensageiro, tal aplicativo continuará a falhar toda vez que você tentar carregá-lo novamente, impossibilitando para sempre a execução do mesmo (ou até a correção pela Apple).

Se você for acometido pela famosa zoeira e receber o carácter sua única esperança é encontrar uma maneira de excluir a mensagem ou e-mail a partir de outro dispositivo para então liberar o iPhone do ciclo eterno de tentativa e falha em carregar a aplicação. Por exemplo, o site americano The Verge recomenda que você peça a alguém para enviar um SMS normal e, quando chegar a notificação, você acesse o iMessage através dela excluindo imediatamente a conversa que contém o causador de problemas. Já se for um e-mail, pode usar o computador para acessar a caixa de entrada e excluir a mensagem.

A Apple disse que não se pronunciará sobre o assunto, apenas informando que o erro afeta dispositivos que executam o iOS 11.2.5 e que ele já foi identificado e corrigido no último lançamento beta ocorrido para os iOS de iPhones e Macs. 

E caso você tenha ficado chocado com os vários exemplos de bugs envolvendo mensagens e iOS, saiba que nem citei outras formas bizarras de congelamento do sistema, como aquela identificada no final de 2016 causada por reproduzir um vídeo específico no Safari; ou então aquele com um simples erro de data que fazia os iPhones redefinirem o sistema por conta própria.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
MAIS SOBRE apple iphone ios
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
Siga o nosso Instagram!

Estamos lá também: @oficinadanetoficial

Seguir o Instagram do Oficina da Net