Amazon continua sendo a marca mais valiosa do mundo, com valor estimado em US$ 220 bilhões

A lista das 500 empresas mais valiosas do mundo foi divulgada. Pelo terceiro ano consecutivo, a Amazon lidera com valor superior a US$ 220 bilhões, seguida pelo Google e Apple.

Por Amazon Pular para comentários
Amazon continua sendo a marca mais valiosa do mundo, com valor estimado em US$ 220 bilhões

A Brand Finance, empresa especializada em análise de mercado, publicou a lista das 500 empresas mais valiosas do mundo e, pelo terceiro ano consecutivo, a Amazon lidera o ranking com valor estimado em US$ 220,7 bilhões.

Isso representa um aumento de 17,5% com relação aos números do ano passado, que foram de US$ 187,9 bilhões. Curiosamente, essa é a primeira vez que a companhia de Jeff Bezos ultrapassa a marca de US$ 200 bilhões.

O crescimento da empresa é atribuído à expansão em computação em nuvem, serviços de streaming (Amazon Prime Video e Prime Music), eletrônicos domésticos e soluções logísticas. Em segundo lugar temos o Google, avaliado em US$ 159,7 bilhões, seguido pela Apple com US$ 140,5 bilhões.

Marcas mais valiosas do mundo

A empresa da maça caiu uma posição refente a 2019, somando queda de 8,5%, algo que fez com que fosse ultrapassada pelo gigante das buscas, que teve uma valorização de 11,9%. A Microsoft "agarrou" a terceira posição no ranking com seus US$ 117 bilhões, enquanto que a Samsung ficou quinto com valor de US$ 94,4 bilhões.

Apesar de todos os problemas envolvendo os Estados Unidos, a Huawei conseguiu entrar no top 10, assumindo a última colocação com valor estimado de US$ 65 bilhões.

Por outro lado, a Brand Finance revelou que o setor de comunicações apresentou quedas significativas, muito em parte devido aos avanços de aplicativos de mensagens como o WhatsApp. A operadora AT&T, uma das maiores dos Estados Unidos, registrou queda de 32% em valor de mercado. No entanto, esses números devem ser revertidos com o avanço da tecnologia 5G.

Recomendação do editor:

Comentários:
Carregar comentários