YouTube expandirá o controle dos pais para crianças e adolescentes no aplicativo

O YouTube revelou que irá adicionar uma versão beta com novos modos de controle parental no aplicativo para smartphones. A novidade trará um maior controle para os pais.

YouTube. Foto: Reprodução/Pixabay.
YouTube. Foto: Reprodução/Pixabay.

Nos últimos anos o YouTube vem trabalhando para tornar a plataforma mais segura para crianças, com isso impedindo que o algoritimo sugira conteúdo com classificação indicativa incompatível com a idade de quem está assistindo e personalizando os anúncios, evitandode exibir propagandas que não são direcionadas para o público-alvo infantil. Um dos exemplos do trabalho da empresa em garantir a segurança das crianças é o "YouTube Kids", aplicativo que possui uma interface totalmente intuitiva e que permite aos pais gerenciarem o conteúdo que pode ser assistido.

A principal novidade desta vez é a liberação de uma versão beta que inclui o recurso de supervisionamento da conta na versão comum do aplicativo. Isso permitirá que os responsáveis tenham acesso há algumas informações, como o histórico de exibição, por exemplo.

Novo modelo de controle

Será possível selecionar três configurações de conteúdo, sendo cada uma dela possuindo um nível de restrição aos vídeos que estão presentes no streaming. O modo "explorar" permite que o pré-adolescente - a partir dos 9 anos - tenham novas opções desbloqueadas mas ainda de acordo com sua faixa etária, como vlogs, videoclips e conteúdo educacional.

Além disso, a opção "Most of YouTube" será adicionada a partir da versão beta e serve para bloquear vídeos com restrição de idade, mas, de outra forma, dá aos adolescentes acesso a quase tudo na plataforma.

Aplicativo do YouTube Kids. (Foto: Printscreen).
Aplicativo do YouTube Kids. (Foto: Printscreen).

O aplicativo também utilizará Inteligência Artificial (IA) para entender o que está sendo assistido e sugerir mais conteúdo parecido e que não ultrapasse os limite definidos pelo usuário que está gerenciando a conta. A nova versão também impedirá compras dentro do aplicativo e alguns comentários e recursos de criação serão desativados, embora o YouTube planeje eventualmente habilitar alguns deles "por meio de uma abordagem apropriada para a idade e controlada pelos pais".

Leia também:

Integração com o Family Link

Outra novidade que está sendo implementada é a compatibilidade com o Family Link, recurso da Google que fornece um maior controle parental sobre a conta das crianças, sendo possível visualizar o que foi assistido e aumentar as restrições, como um limite de tempo no YouTube, por exemplo.

Fonte: Engadget.

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário