Polícia indiana apreende mais de US$ 18.000 em produtos falsificados da Xiaomi

Após a Xiaomi abrir uma queixa, as autoridades conseguiram apreender mais de 2.000 produtos falsos, incluindo Power Banks e os famosos Redmi AirDots.

Por Xiaomi Pular para comentários
Polícia indiana apreende mais de US$ 18.000 em produtos falsificados da Xiaomi

Um problema que qualquer fabricante mundialmente conhecida enfrenta, e que a cada ano cresce mais, é o de produtos falsificados. Esses itens não apenas prejudicam às vendas ou difamam a empresa, mas também podem causar sérios danos aos proprietários, como baterias que explodem espontaneamente.

Até mesmo a Xiaomi, que é conhecida por oferecer preços baixos, está sofrendo com produtos falsificados. Recentemente, após a chinesa emitir uma queixa, a polícia indiana realizou uma vistoria no mercado Gaffar de Délhi e conseguiu apreender nada menos que US$ 18.252 (R$ 57.114) em produtos falsos.

Em uma declaração oficial, a Xiaomi disse: "Os policiais da delegacia de Karol Bagh do Distrito Central, juntamente com os representantes da empresa, apreenderam mais de 2.000 produtos falsos de quatro lojistas, que foram presos por comercializarem esses itens".

Dentre os produtos confiscados, as autoridades conseguiram encontrar mais de 2.000 carregadores, cabos USB, Power Banks, fones de ouvido com fio e os populares Redmi AirDots. Investigações revelaram que as quatro pessoas apreendidas vendiam esses produtos falsificados há muitos anos, enganando os clientes menos atentos.

Para evitar esse tipo de incidente, a Xiaomi alerta que seus clientes devem verifiquem a autenticidade antes de realizar a compra. Power Banks, por exemplo, possuem um código de segurança que pode ser checado no site da empresa. Além disso, os smartphones da marca também possuem esse tipo de verificação, mas através do IMEI.

Via

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários