Windows 10: Microsoft revela diminuição do tamanho das atualizações

A novidade da vez é que a companhia anunciou a redução do tamanho de arquivos de atualização do sistema.

Por Windows Pular para comentários
Windows 10: Microsoft revela diminuição do tamanho das atualizações

A Microsoft está sempre buscando melhorias para o Windows 10, tudo isso para proporcionar uma melhor experiência para os usuários. Recentemente, por exemplo, a empresa começou a trabalhar para acabar com a falsa detecção de vírus pelo Windows Defender e assim deixar de aceitar aplicativos para Windows 8 na sua loja.

A novidade da vez é que a companhia anunciou a redução do tamanho de arquivos de atualização do sistema. A empresa divulgou a novidade através do seu blog oficial. A notícia é muito bem vinda pelo setor empresarial.

Windows 10: Microsoft revela diminuição do tamanho das atualizações.
Windows 10: Microsoft revela diminuição do tamanho das atualizações.

A expectativa agora é que a Redstone 5 introduza o novo sistema de atualizações que deve ter início em 12 de fevereiro de 2019. Com isso, a Microsoft consegue ofertar um tempo para que as empresas e organizações se adaptem ao novo modelo.

Atualmente, a Microsoft oferece três tipos de atualizações mensais, com as "atualizações completas", que são as cumulativas mais recentes (LCU), atualizações "expressas" que chegam até 200MB e as maiores atualizações delta que chegam até 500MB.

Através da novidade, as empresas continuarão recebendo as atualizações expressas e também a LCU a cada mês. Porém, o novo Windows 10 e o Windows Server receberão somente o tipo de atualização completo, que será de menor tamanho.

A nova abordagem de atualização única oferece benefícios em relação aos três tipos de atualização existentes (completo, delta e expresso):

"

  • As organizações que recebem atualizações completas do WSUS (Windows Server Update Services) ou do Catálogo do Microsoft Update economizam perfeitamente a largura de banda da rede graças ao tamanho menor da atualização.
  • As organizações que usam atualizações delta para gerenciar o tamanho das atualizações de qualidade não precisarão mais monitorar o status e o histórico de atualizações de seus dispositivos para determinar quais dispositivos são qualificados para atualizações delta.
  • Como esse novo pacote de atualização de qualidade será redistribuível, as organizações que utilizam atualizações expressas via WSUS, o System Center Configuration Manager (SCCM) ou uma solução de gerenciamento de terceiros que suporte atualizações expressas terão enormes economias em largura de banda de rede e tamanho de cache em suas distribuições pontos ou atualizar servidores. Além disso, os dispositivos com a próxima versão principal do Windows 10 serão 40% mais eficientes *, ao mesmo tempo em que serão atualizados, já que não haverá computação nos bastidores dos diferenciais ideais necessários para baixar atualizações expressas.  "                                                                                                                                                    

Leia também: Como ativar o modo escuro no Google Chrome . Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários