Deficientes neuromusculares poderão usar Windows 10 com os olhos

O recurso foi pensado durante o primeiro hackathon de funcionários da Microsoft, em 2014.

Por | @oficinadanet Windows

A Microsoft deverá adicionar um recurso nativo no Windows 10 que é capaz de acompanhar o movimento dos olhos do usuário. O suporte, a princípio, é direcionado para ajudar as pessoas que sofram de doenças neuromusculares.

O recurso foi pensado durante o primeiro hackathon de funcionários da Microsoft, em 2014. A equipe por trás do Windows, a partir daí, desenvolveu protótipos de rastreamento ocular, sendo que o CEO Satya Nadella apoiou a sua integração ao sistema operacional.

Deficientes neuromusculares poderão utilizar o Windows 10 com os olhosDeficientes neuromusculares poderão utilizar o Windows 10 com os olhos

Através da ferramenta, os usuários conseguirão controlar vários elementos do sistema operacional sem a ajuda de um mouse e teclado tradicionais. Por exemplo, para conseguir abrir um programa ou aplicativo, a pessoa precisa apenas olhar para o ícone por um tempo. A mesma ideia vale para digitar textos, basta apenas fixar o olhar nas letras desejadas.

O Dubbed Eye Control irá exigir o hardware Eye Tracker, da Tobii, sendo que já está disponível para a versão beta. Quem tiver interesse precisa se inscrever no programa Windows Insider da Microsoft.

Ainda não há informações de quando o suporte será disponibilizado para todos os usuários. A expectativa é que seja lançado no início de 2018.

Mais sobre: Microsoft windows10 Windows
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter