Fluid Framework da Microsoft chega ao Office 365 (agora Microsoft 365)

Confira do que é capaz o Fluid Framework, como é o seu funcionamento e o que ele permite que os desenvolvedores realizem.

Imagem ilustrativa do Fluid Frameworks funcionando. Fonte: Microsoft
Imagem ilustrativa do Fluid Frameworks funcionando. Fonte: Microsoft

Um dos maiores destaques da conferência de desenvolvedores da Microsoft Build 2019 foi a Fluid Framework. O conceito por trás da plataforma é proporcionar aos desenvolvedores uma forma diferente de exibir informações criando experiências colaborativas em tempo real. A empresa inclusive está utilizando esta ferramenta para repensar alguns fluxos de trabalho em seus aplicativos do pacote Office.

Pela primeira vez a Microsoft decidiu implementar o Fluid Frameworks em alguns dos seus principais aplicativos de produtividade. Os primeiros a serem contemplados com a novidade foram o Outlook e a plataforma web office.com. Além disto, a empresa irá disponibilizar nas próximas semanas o código fonte para o Fluid Frameworks no GitHub.

O vice-presidente corporativo do Microsoft 365, Jared Spataro, diz:

"Descobrir todo o potencial do Fluid Framework só pode ser alcançado com a criação de uma comunidade de desenvolvedores diversificada, aberta e vibrante. Por esse motivo, a Microsoft criará o Fluid Framework de código aberto, permitindo que desenvolvedores e criadores usem a infraestrutura principal do Fluid Framework em seus próprios aplicativos."

Através de APIs JavaScript, os desenvolvedores serão capazes de utilizar o Fluid Framework para projetar novas experiências colaborativas. Embora a Microsoft não enfatize as informações em seu texto, as informações ditas anteriormente sobre o tema diziam que os desenvolvedores serão capazes de criar agentes inteligentes que poderão trabalhar em conjunto com os usuários enquanto os usuários criam seus documentos.

O Fluid Framework estreara em breve na plataforma web do Outlook, onde será possível que os usuários trabalhem com tabelas, gráficos e listas de tarefas na forma de "componentes fluidos". Estes componentes serão atualizados de forma automática ao serem editados por qualquer membro da equipe seja onde for, ou seja, todos estarão sempre atualizados sobre os movimentos realizados pelos companheiros.

No site Office.com serão adicionados espaços de trabalho do Fluid Framework para que as pessoas possam realizar edições de documentos colaborativas. Será possível mencionar usuários e haverá também feeds de atividades (com informações de modificações e o que tem de ser feito) para cada documento criado.

O que achou da novidade apresentada pela Microsoft? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário