Nextel vai desativar rede iDEN em março de 2018

Nextel vai desativar todas as redes iDEN no dia 31 de março de 2018.

Por Tecnologia Pular para comentários
Nextel vai desativar rede iDEN em março de 2018

A tecnologia iDEN existe no Brasil desde que a Nextel começou as suas atividades por aqui, isso em 1997. Agora, a companhia resolveu desativar todas as redes iDEN no país no dia 31 de março de 2018, pois o rádio acabou ficando para trás após a migração para dados móveis.

Em comunicado, a Nextel informou aos clientes que a empresa vai fazer a migração de seus assinantes que permanecem no rádio, para redes GSM, com 3G e 4G, pois "o surgimento de novas tecnologias fez com que o serviço [de rádio] perdesse a atratividade perante os usuários e os provedores de insumos".

Aplicativo PRIP continuará disponível para os clientes da operadoraAplicativo PRIP continuará disponível para os clientes da operadora

Além disso, o iDEN conta com poucos smartphones compatíveis com a rede, no momento somente a Motorola pode utilizar a tecnologia, mas nem a fabricante está produzindo dispositivos para o Brasil "Devido ao baixo estoque de novos equipamentos disponíveis no mercado, a única forma de continuarmos a oferecê-los aos nossos clientes é por meio de recondicionamento", explicou a Nextel.

Com isso, a solução encontrada pela empresa foi disponibilizar o serviço de rádio para smartphones comuns via aplicativo PRIP, que permanecerá ativo para os clientes da operadora. O aplicativo permite o envio de mensagens de voz e conta com a possibilidade fazer chamadas ilimitadas, semelhante ao WhatsApp, porém da Nextel.

Os números de telefone irão mudar com a transição, entretanto como o rádio da Nextel se enquadrava na categoria de Serviço Móvel Especializado (SME), os clientes não ganharam o nono dígito, que valia apenas para o Serviço Móvel Pessoal (SMP).

Mais sobre: nextel, iden, desativar, rede
Compartilhe com seus amigos:
Fernanda Beling
Fernanda Beling Administradora, apaixonada por tecnologia. Amante de livros, séries e filmes.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @fsbeling // TWITTER: @fsbeling
Quer conversar com o(a) Fernanda, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias