O RAZR 2019, primeiro smartphone dobrável da Motorola, foi apresentado em novembro do ano passado, tendo chegado ao Brasil em fevereiro por R$ 8.999. O design deste aparelho chamou atenção não só do público, mas também de especialistas e críticos. Isso pôde ser confirmado através do prêmio "Red Dot" na categoria Desenho de Produtos.

Para quem não conhece, essa premiação é uma espécie de "oscar do design", englobando as principais inovações de diversos setores. Na edição do ano passado, mais de 6.500 produtos de 60 países participaram do concurso. Portanto, o fato do RAZR 2019 ter vencido uma categoria importante como essa é algo impressionante, principalmente se considerarmos a grande concorrência.

Ricardo Meneses, Senior Industrial Design Manager da Motorola, disse em uma entrevista: "Quando projetamos o RAZR resolvemos criar o melhor smartphone com tecnologia de tela flexível que resolvesse um verdadeiro problema para o consumidor: a necessidade de portabilidade".

Em outra ocasião, Ruben Castano, Chefe de Design da marca, também comentou à respeito da construção do aparelho: "Ao desenhar o RAZR, nosso time quis criar uma solução inovadora e fluida que rompesse o status quo no que diz respeito ao desenho contemporâneo de smartphones. O RAZR resgata uma conexão emocional e identificação que tantos consumidores têm com o seu desenho em formato flip".

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que a Motorola é premiada no evento. Em 2019, o Moto Z4, intermediário premium da marca, ganhou na mesma categoria, enquanto que em 2018 outra vitória foi conquistada pelos Moto Snap 360 Camera, Moto Stereo Speaker e Moto Gamepad.

Especificações do Motorola RAZR 2019:

Este aparelho possui uma tela Flex View p-OLED de 6,2" com resolução de 2142 x 876 pixels e aspecto 21:9. Quando fechado, vemos um display secundário "Quick View" de 2,69" com resolução de 800 x 600 pixels, que pode ser usado para visualizar notificações e responder mensagens.

Por dentro, temos o processador Snapdragon 710, aliado a 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. No departamento de câmeras, existe apenas um único sensor abaixo da tela secundária, que entrega 16MP com abertura f/1.7. A câmera frontal soma 5MP com abertura f/2.0.

Para manter o RAZR 2019 ligado, a Motorola inseriu uma bateria de 2.510 mAh com carregamento rápido de 15W. Em software, o Android Pie vem instalado de fábrica, sendo bastante provável a chegada do Android 10 em algum momento.