Redmi apresenta primeiro leitor biométrico sob o display que pode ser usado em telas LCD

A Redmi confirmou a produção em massa dessa nova tecnologia que permite colocar o leitor biométrico por baixo do display em telas LCD, algo que até então só era possível no OLED.

Redmi apresenta primeiro leitor biométrico sob o display que pode ser usado em telas LCD

Quando alguma empresa anuncia um smartphone com leitor biométrico sob o display, imediatamente podemos confirmar que ela utilizou uma tela OLED. Porém, buscando mudar esse cenário, a Redmi anunciou o primeiro sensor que pode ser usado em telas LCD.

Através de uma publicação feita no Weibo, uma espécie de Twitter da China, Lu Weibing, CEO da Redmi, deixou bem claro que a companhia iniciou a produção em massa dessa tecnologia. Isso significa que em breve poderemos ver os primeiros smartphones da marca com esse novo leitor biométrico.

O executivo também compartilhou um pequeno vídeo que mostra o recurso em funcionamento, sendo ele bem rápido e, aparentemente, preciso, provando que não fica muito atrás do sensor implementado nas telas OLED.

O motivo dessa tecnologia só funcionar em displays OLED é bem simples: o painel feito de diodos orgânicos é consideravelmente fino, dado que não precisa de uma estrutura dedicada para acender os pixels, permitindo a passagem de informações, como o "desenho" da digital do usuário, para um sensor colocado por baixo, sendo ele CMOS ou ultrassônico, como na linha Galaxy S10 e S20, por exemplo.

De acordo com a Redmi, essa nova tecnologia entrega um filme infravermelho de alta transmissão que ajuda na passagem da luz infravermelha, fazendo com que o sensor biométrico consiga ler, verificar e liberar o acesso ao sistema.

Infelizmente, ainda não existem informações sobre a data de lançamento do recurso, tampouco sabemos em qual smartphone ele estará disponível. No entanto, esses detalhes podem ser revelados em breve.

Como aumentar a memória RAM no seu celular 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário