Smartphone dobrável Huawei Mate X 5G esgota pela terceira vez

Há algumas semanas, o smartphone dobrável Huawei Mate X 5G chegou oficialmente ao mercado. Desde então, está é a terceira vez que as unidades disponibilizadas esgotam rapidamente.

Smartphone dobrável Huawei Mate X 5G esgota pela terceira vez

Ontem, dia 22 de novembro, aconteceu a abertura da terceira fase de vendas do Mate X 5G da Huawei, na China, com preço sugerido de 16.999 (US$2.416), as unidades disponibilizadas foram vendidas rapidamente.

Infelizmente não dá pra mensurar o que isso realmente quer dizer, uma vez que o número oficial de unidades que chegaram à loja não foi divulgado, com isso não dá sequer para saber a aceitação do dispositivo no mercado.

No entanto, a classificação do Mate X 5G na loja oficial da Huawei excede 200. Levando em consideração que nem todo comprador volta a loja para comentar sobre o produto, podemos concluir que talvez o dobro ou até mais já tenha sido vendido.

Agora a próxima data para vendas através da loja on-line será dia 29 de novembro, a partir das 10h horário local.

Huawei Mate X 5G
Huawei Mate X 5G

Recentemente, a Huawei anunciou oficialmente o preço para os reparos do Mate X, veja:

  • Para substituir a bateria é cobrado 278 yuan (US$40)
  • Para substituição e reparo de sua tela o valor é de 7080 yuan (US$1.006)
  • Para o reparo ou manutenção da placa-mãe é cobrado 3579 yuan (US$509)
  • Para reparar ou substituir a tampa da bateria é cobrado o valor de 361 yuan (US$51)
  • E por último mas não menos importante, para reparar ou substituir o módulo de câmeras do Mate X é cobrado o valor de 698 yuans (US$99)

Definitivamente o Huawei Mate X, assim como o Samsung Galaxy Fold e o recém anunciado Motorola Razr, são dispositivos para poucos, estão um patamar acima da classificação dos topos de linha de suas próprias fabricantes e concorrentes.

Imagina que com o valor pago para o reparo da tela do Mate X, você pode comprar um Huawei Mate 30 Pro, um Samsung Galaxy Note 10 ou um iPhone 11 Pro.

O Huawei Mate X usa uma tela dobrável flexível que pode se expandir até 8 polegadas. Ele pode se transformar em uma tela de 6,6 polegadas e em uma tela de 6,38 para operação com uma mão.

A espessura do corpo é de apenas 5,4 mm quando aberto e 11mm dobrado. O Huawei Mate X vem com o primeiro chip multimodo de 7nm 5G da Huawei, Balong 5000+ Kirin 980.

Outros lotes mais recentes do Mate X 5G passarão por atualização e trarão o novo Kirin 990 5G. Este smartphone também vem com uma bateria de 4.500 mAh que suporta carga rápida de 55W, que fornece 85% em 30 minutos.

Seu conjunto de câmeras é triplo. Sua câmera principal possui 40 megapixels (27mm) f/1.8, traz uma lente telefoto de 8 megapixels (80mm) f/2.4 com estabilização óptica OIS e uma lente super grande angular de 16 megapixels (17mm) f/2.2, além de um sensor de profundidade 3D suporta efeitos de desfoque de nível profissional. O conjunto ainda traz funções para zoom híbrido de até 45x e modo super macro de 2,5cm.

Com preço sugerido de US$2.416, a única certeza que temos é que caso a empresa resolva trazer o Mate X oficialmente para o Brasil, é de que ele no mínimo, custará acima de R$11 mil!

Melhores celulares Xiaomi para comprar agora

Conteúdo relacionado

Melhores celulares da Xiaomi para comprar em 2021
Xiaomi

Melhores celulares da Xiaomi para comprar em 2021

Qual marca consegue oferecer modelos de celular que sejam bons e que não custe tanto? É provável que você tenha pensado na Xiaomi, e sim, você está certo. Confira a nossa lista de melhores modelos da empresa para comprar atualmente!

Huawei anuncia Enjoy 20e, modelo de entrada com bateria de 5.000 mAh
Celulares

Huawei anuncia Enjoy 20e, modelo de entrada com bateria de 5.000 mAh

A Huawei anunciou seu mais novo modelo de entrada com foco no mercado chinês; tela de 6,3 polegadas, 128GB de armazenamento, câmera dupla e bateria de 5.000 Ah são alguns detalhes do Enjoy 20e. Confira!

LG é a que mais cresceu em agosto; as 10 maiores fabricantes de celulares no Brasil
Celulares

LG é a que mais cresceu em agosto; as 10 maiores fabricantes de celulares no Brasil

Enquanto Samsung e Motorola seguem líderes, Apple vê Xiaomi se aproximar da terceira colocação, mas o principal destaque fica para a LG.