Preocupante: desbloqueio facial do Google Pixel 4 funciona quando os olhos estão fechados

O Pixel 4 mal foi lançado e já temos o primeiro problema, dado que o sistema de reconhecimento facial do aparelho não é tão seguro quanto parece.

Por Smartphones Pular para comentários
Preocupante: desbloqueio facial do Google Pixel 4 funciona quando os olhos estão fechados

A linha Pixel 4 foi apresentada pelo Google na última terça-feira (15). Ao contrário dos modelos anteriores, agora não existe nenhum tipo de leitor de digitais convencional, dado que a empresa escolheu usar uma tecnologia de desbloqueio facial que, teoricamente, deveria ser tão precisa e segura quanto o Face ID da Apple.

No entanto, foi constatado que o sistema de segurança do Pixel 4 pode realizar o desbloqueio mesmo quando os olhos do usuário estiverem fechados. Isso pode ser um problema levando em consideração que outras pessoas, como filhos e amigos, podem simplesmente apontar o aparelho para o rosto do proprietário enquanto ele estiver dormindo e acessar seus dados.

Até o momento, não sabemos por que o Google deixou de lado o recurso que verifica se os olhos estão abertos, algo que está presente no Face ID da Apple e funciona muito bem. O site de suporte do Pixel 4 chega a reconhecer esse problema, deixando bem claro que "o seu telefone também pode ser desbloqueado por outra pessoa se estiver no seu rosto, mesmo com os olhos fechados".

Em seguida, a empresa aconselha que os clientes que desejarem uma segurança aprimorada, devem ativar o modo de bloqueio por PIN ou senha, eliminando o desbloqueio facial. Isso torna a experiência de uso totalmente enfadonha.

Antes do lançamento da linha Pixel 4, renderizações vazadas mostraram que no menu de configurações havia uma opção chamada "exigir que os olhos sejam abertos", mas por algum motivo o Google decidiu removê-la. Agora, espera-se que a empresa leve esse recurso em uma futura atualização.

Fonte: GsmArena

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários