Google planeja lançar versões mais baratas dos Pixel no futuro

Google tem planos para lançar anualmente versões intermediárias do smartphone Pixel dando continuidade dessa forma a nova linha “XA” (nesse ano foi lançado o Pixel 3A e 3ª XL).

Por | @Vitor_Valeri Smartphones Pular para comentários

De acordo com informações declaradas em uma notícia pelo web site Android Police, o Google tem planos para lançar anualmente versões intermediárias do smartphone Pixel dando continuidade dessa forma a nova linha “XA” (nesse ano foi lançado o Pixel 3a e 3a XL).

Esse tipo de estratégia, de criação de celulares intermediários baseados nos aparelhos topo de linha, acabou dando muito certo e caiu no gosto dos usuários que não podem comprar um celular topo de linha, mas querem ao mesmo tempo algo próximo a isso. Dentre as empresas que aderiram à tática, temos exemplos bem sucedidos como Apple, Samsung e Huawei.

Os valores dos telefones intermediários recém lançados da Google são bem atrativos, o Pixel 3a sai por US$ 399 e o XL por US$ 479. Levando em conta que é um celular bem feito, possuindo Android puro, tem acesso sempre às atualizações mais recentes do sistema operacional e funcionalidades exclusivas nos apps da Google, acaba sendo uma escolha bem interessante frente aos seus rivais.

Novo smartphone intermediario da GoogleNovo smartphone intermediario da Google

Infelizmente, por enquanto, tanto o smartphone Pixel 3 quanto o recém lançado Pixel 3a não são vendidos no Brasil oficialmente. Esperamos que futuramente o celular seja vendido aqui, afinal o Brasil é um dos maiores mercados de celulares do mundo.

O novo Pixel 3a pode ser encontrado atualmente na Austrália, Canadá, Alemanha, Itália, Espanha, Estados Unidos, Índia, Japão, Taiwan, França, Irlanda, Singapura e Reino Unido. As cores disponíveis para o smartphone são branca, preta e lilás.

Agora fica uma pergunta: como será o Pixel 4A? Pois o Pixel 3A já nos surpreendeu muito! Só nos resta esperar pelo lançamento do novo Pixel 4 para termos alguma ideia.

Mais sobre: Google, smartphones, Google Pixel

Siga nossas redes sociais