Pesquisa diz que quase metade dos internautas no Brasil tiveram os seus celulares roubados

O levantamento mostrou ainda que 56% das pessoas que foram vítimas são do sexo masculino, enquanto 42% do sexo feminino.

Por | @oficinadanet Smartphones

Infelizmente, o roubo de aparelhos celulares no Brasil não é um fato isolado. Infelizmente, quem já foi vítima desse tipo de problema está incluso em quase metade dos internautas brasileiros. De acordo com uma pesquisa feita pela Mobile Time e Opinion Box, o número de usuários de internet do país que já foram vítimas de roubo subiu de 35% em 2017 para 49% neste ano.

No total, 45% dos entrevistados disseram ter sofrido o roubo ou furto no ano passado. Já 355 das pessoas já teriam passado pela situação mais de uma vez. Entre eles, 3% afirmaram que já passaram pelo problema quatro vezes no mínimo.

Pesquisa diz que quase metade dos internautas no Brasil tiveram os seus celulares roubados.Pesquisa diz que quase metade dos internautas no Brasil tiveram os seus celulares roubados.

Leia também:

A pesquisa ainda disse que o roubo acontece com maior frequência do que o furto, em uma proporção de 63% a 37%, respectivamente. Vale mencionar que o roubo ocorre quando existe coação sobre a vítima, o segundo, porém, acontece quando o dono do aparelho não possui ciência do ato.

O levantamento mostrou ainda que 56% das pessoas que foram vítimas são do sexo masculino, enquanto 42% do sexo feminino. O índice teve uma mudança desde o último ano, em que mostrava que 41% das mulheres foram vítimas, e 38% dos homens tiveram seus aparelhos levados por bandidos.

Para completar, segundo as estatísticas, 70% dos entrevistados acabam substituindo o aparelho roubado por um smartphone mais novo. Somente 12% preferem um aparelho mais fraco, e 16% optam por um modelo igual.

Além disso, aproximadamente 39% das pessoas já teriam comprado um celular usado, sendo que 43% não sabiam se a unidade era roubada.

E você, já foi vítima de roubo ou furto de celular? Fez o boletim de ocorrência?

Como sabemos, roubos e furtos são recorrentes no país, assim sendo, é necessário que se faça um boletim de ocorrência e ainda providenciar todas as medidas para bloquear o aparelho. 

MAIS SOBRE Smartphones roubo Brasil
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail