Brasil já possui mais smartphones que habitantes, diz estudo

Os dados em questão fazem parte da 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas.

Por | @oficinadanet Smartphones

De acordo com um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas, que foi publicado nesta semana, o Brasil já possui mais smartphones que habitantes. Os dados indicam que atualmente existem no país 220 milhões de aparelhos inteligentes ativados, sendo que a população do Brasil é de 210 milhões de habitantes.

Os dados em questão fazem parte da 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas. O levantamento ainda aponta que até maio deste ano o Brasil terá 306 milhões de aparelhos móveis em uso pela população.

Conforme o Estadão, em 2017 foram comercializados cerca de 48 milhões de aparelhos no país, mesmo com um terceiro trimestre representando uma queda.

O grande número de smartphones no país pode ser visto como um dado importante para as operadoras e fabricantes, já que o consumidor brasileiro parece estar mais interessado em planos competitivos e ainda busca uma troca do aparelho.

Brasil já possui mais smartphones que habitantes, diz estudo.Brasil já possui mais smartphones que habitantes, diz estudo.

Leia também:

“As vendas são de reposição porque as pessoas querem ter o celular da moda. É um momento muito mais de escolha psicológica que tecnológica”, disse Fernando S. Meirelles, pesquisador da FGV.

Ao que tudo indica, o Brasil deverá passar por uma estabilização do mercado de smartphones. Deste modo, a perspectiva das empresas apresentarem modelos que chamem a atenção dos consumidores deverá ser considerada, principalmente para atingir quem busca pelo primeiro aparelho.

O pesquisador considera ainda que com a evolução do mercado, os brasileiros irão começar a usar mais os smartphones do que os computadores, telefones fixos e ainda os aparelhos mais simples.

“ Aí teremos um problema que é a necessidade de estoque de celulares mais simples para pessoas que não querem ou podem ter um smartphone”, disse Meirelles.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários