Alcatel A5 Max Led Edition

Review Alcatel A5 Max Led Edition

Um smartphone com proposta de custo/benefício, uma capa piscante e boa pegada. Confira a análise do Alcatel A5 Max Led Edition.

Por | @nmuller99 Smartphones Nota: 6.5/10

Lançado em agosto de 2017 o Alcatel A5 Max LED é um smartphone de entrada bem interessante. A Alcatel agora em 2018 lançou seis novos smartphones, ainda não chegaram em terras brasileiras, mas estão por vir.

A marca tem conquistado um público fiel aqui em no Brasil. Principalmente por trazer smartphones com um bom custo/benefício e proposta bem enquadrada. Dos celulares de 2017, analisamos o A3 XL Max e o A7, confira os reviews também.

 

Unboxing do Alcatel A5

Na caixa do aparelho encontramos uma segunda capa traseira removível, são duas, uma com os leds, outra preta, ambas em plástico. Acompanha também uma película frontal para o vidro. Além dos fones de ouvido e carregador do aparelho.

Alcatel A5 Max Led Edition - o que tem na caixa?Alcatel A5 Max Led Edition - o que tem na caixa?

A caixa tem um bom acabamento, os manuais são bem explicativos em português. Conta também com os números de telefones das assistências técnicas aqui do Brasil.

Ele é comercializado no Brasil, atualmente custando em torno de R$ 649 ~ R$ 711, o smartphone conta com 3GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno, câmeras de 16MP e 8MP. Seria o A5 Max Led ainda uma opção a se pensar?

Design

O A5 Max Led é uma versão renovada do A5 Led, lançado também em 2017. O design deles é praticamente idêntico. É um smartphone simples, com a capa traseira removível.

Alcatel A5 Max Led EditionAlcatel A5 Max Led Edition

A capa com LED, é conectada a um circuito, ao tocar algum som nos alto-falantes, os leds começam a piscar. Existe um aplicativo para controlar o modo como os leds funcionam. Você pode alternar entre Meteoros, Fogos de artifício, Estrelas, Chuva, Chamas, Luzes da Cidade, Ondas, Estrada, Petards e Ritmo do som.

O smartphone tem um tamanho menor, display de 5,2 polegadas, equipara as dimensões do Moto X4, Moto G5s.

A5 Max Led Edition ao lado do Moto X4A5 Max Led Edition ao lado do Moto X4

Alcatel A5 Max Led Edition - Dimensões: 146mm de altura, 72mm de largura e 77mm de espessuraAlcatel A5 Max Led Edition - Dimensões: 146mm de altura, 72mm de largura e 77mm de espessura

A face frontal do aparelho traz grandes bordas, em todos os lados. Na parte de cima encontramos o sensor de proximidade, flash frontal, alto-falante de chamadas e a câmera frontal. Logo após a tela de 5,2 polegadas IPS HD, e por fim o sensor de impressões digitais que funciona como botão home. Ao lado do sensor, estão os botões capacitivos, retroiluminados quando a tela está ligada.

Alcatel A5 Max Led EditionAlcatel A5 Max Led Edition

A parte traseira do smartphone pode ser composta por duas capas. Sem dúvidas que usaria a capa com os leds. Gasta mais bateria? Sim, óbvio, mas nada significativo. A traseira é simples, ela tem apenas o sensor da câmera e o DUAL LED flash. Quando instalada a capa com os leds, o smartphone fica levemente mais espesso.

Alcatel A5 Max Led Edition - capa normalAlcatel A5 Max Led Edition - capa normal

Na lateral direita encontramos o botão de volume e desligar/travar.

Alcatel A5 Max Led Edition - botões lateraisAlcatel A5 Max Led Edition - botões laterais

Já na face superior estão posicionados um microfone de ruídos para chamada e o conector para fones de ouvido. Na face inferior, o conector USB do tipo B, e alto-falante de som.

Alcatel A5 Max Led Edition - cabo p2, saída de áudio mono e cabo usb tipo bAlcatel A5 Max Led Edition - cabo p2, saída de áudio mono e cabo usb tipo b

O design é simplista, fora a exuberância dos leds. Tem uma pegada boa. Ele não é liso, portanto, dificilmente vai escorregar de suas mãos. É um design de plástico e vidro, para tornar o smartphone com valor mais reduzido. No que ele se propõe, para mim está OK.

 

Hardware

O hardware é mediano, equiparado com o Moto G4/Moto G5. Apesar do G5 levar uma breve vantagem em desempenho, o A5 conta com 1 GB a mais de memória RAM. Ele peca por ter uma tela HD e não FULLHD. Usa processador MediaTek MT6753, com oito núcleos, a GPU empregada no processador é uma Mali-720, suporta telas fullhd e usa encode H.264. Ele conta com armazenamento interno de 32GB.

Tela

A tela de 5,2 polegadas, usa tecnologia IPS, conta com resolução HD (1280x720), leia mais sobre a nomenclatura das resoluções de tela, tem densidade de pixels de 320ppi, e trabalha com taxa de atualização em 56,2 FPS. Bem, com brilho no máximo, tivemos uma intensidade legal das cores e em ângulos laterais não foi possível notar aquelas falhas cromáticas características de painéis LCD.

A5 Max Led Edition - a telaA5 Max Led Edition - a tela

Portanto, apesar da resolução ser apenas HD, o que melhora um pouco a performance, afinal não precisa renderizar todos os pixels de fullhd, a tela se saiu bem e foi um ponto que gostei.

Desempenho

Em termos de desempenho ele foi ok. Nas telas do sistema ele não travou em momento algum. Nos games, podemos notar que não foi consistente todo o tempo, principalmente quando havia muitas animações e trocas de cenários. Nos aplicativos de benchmark que testamos, ele ficou assim:

  A5 LED A7 Moto G5s Moto X4
AnTuTu 44716 54814 56853 89847
Geekbech 3193 3046 2853 5073
PCMark 2992 3197 3651 4957

No desempenho geral, o A5 LED ficou abaixo de alguns aparelhos que comparamos. Como mencionei, o smartphone não apresenta travamentos no uso cotidiano, mas em alguns games ele sofreu para manter a taxa de quadros constante.

Som

O áudio é mono, com saída apenas no alto-falante de baixo. Seria bom se fosse estéreo, principalmente pelo fato de se tratar de um smartphone com leds que acompanham o ritmo das músicas. Ele é apenas OK. Não tem volume muito alto, mas ele não distorce, o que me agradou.

Os fones de ouvido que acompanham a caixa são medianos para ruins. O som não é limpo, o acabamento é similar a fones baratos. É o mesmo fone para o A3, A5 e A7.

Câmera

Os sensores das câmeras são de 16MP na traseira e 8MP na frontal, tornam um diferencial da Alcatel, mas será que a quantidade de megapixels em um smartphone intermediário é suficiente para ele ter uma câmera?

Câmera principal

A câmera não se saiu mal. O nível de borrado nas fotos em baixas condições de luz é tolerável para um smartphone que custa entre 700 a 900 reais, atualmente. A câmera conta com flash traseiro em dual led. As fotos, na galeria abaixo, estão sem edição. O problema principal que encontrei no smartphone foi a estabilização. Foto para ser boa, precisa que o aparelho esteja o mais imóvel possível, mas no caso do A5 Led, é realmente necessário praticamente imobilizar ele.

O aparelho é equipado com estabilizador de imagem, porém digital. Nos vídeos que testei, a estabilização digital fez movimentos bruscos, que tornou a imagem estranha. Ele vai servir para enviar vídeos pelo whatsapp, mas usar em criação de conteúdo digital será complicado.

O software nativo da câmera é tradicional do Android, fácil de usar, com recurso de colagem instantânea, panorama, foto e vídeo. Não conta com modo profissional, infelizmente.

Câmera Selfie

A câmera selfie com 8MP fotografa bem onde tiver luz favorável. Confesso que pelo preço do aparelho, ele se saiu melhor do que esperava. Você vai conseguir fazer boas selfies se manter o telefone estável, e a luz ajudar.

Bateria

A bateria do A5 é de 2800 mAh, rodando o Android 6, já falo mais sobre, em uso cotidiano, você alcança um dia inteiro, mas em uso intenso, com games, conversação, assistindo vídeos, eu consegui entre 10 a 12 horas. Geralmente nesse período, o tempo médio de tela foi entre 5 e 5:20 min.

Em nossos testes de bateria, o Alcatel A5 obteve os seguintes resultados:

  • Tempo de carga: 2:40 min
  • Tempo de descarga intermitente: assistindo vídeos: 6:39 min
  • Tempo de descarga intermitente: navegando na internet: 8:37 min
  • Tempo de tela: 5:20 min

E esses resultados são bons ou ruins? Atualmente é suficiente para você usar o smartphone diariamente. Chegando a hora de dormir, coloca o telefone para carregar, no outro dia terá a carga completa para uso.

Preço R$ 819,00
Marca Motorola Alcatel
Processador Qualcomm Snapdragon 430 Mediatek MT6753 Octa-core
GPU Adreno 505 Mali-T720
Câmera Frontal 5 MP 8 MP
Câmera Traseira 16 MP 16 MP
Vídeo Full HD - 30 fps Full HD - 30 fps
Memória RAM 2 GB 3 GB
Display - Tamanho 5,2" 5,2"
Display - Tecnologia IPS IPS
Display - Proteção Corning Gorilla Glass 3
Display - Resolução 1920 x 1080 1280 x 720
Armazenamento Interno 32 GB 32 GB
Armazenamento Extra 128 GB 128 GB
Sistema operacional Android 7.1.1 Android 6.0
Bateria 3000 mAh 2800 mAh
AnTuTu 45791 44528
Peso 157 g 134 g
Câmera - Abertura F/2.0
3G
4G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital
Câmera - HDR
Câmera - estabilização ótica
Detecção facial
Barômetro

Conectividade e sensores

Quanto a conectividade, ele conta com bluetooth 4.2, redes wi-fi b/g/n, GPS em modo AGPS, redes de celular 3G e 4G. A porta USB é do tipo B, 2.0 e plug p2 para fones de ouvido.

Os sensores dele são: acelerômetro, proximidade, luz ambiente, giroscópio, bússola e impressão digital. Não conta com NFC.

 

Software

O sistema operacional usado no Alcatel A5 é o Android 6.0 Marshmallow. Sim, defasado. Um ponto negativo. Principalmente pelo fato do smartphone ter uma quantidade razoável de memória ram. As novas versões de Android já auxiliam bastante na economia de bateria, o que daria mais autonomia para o smartphone.

A Alcatel modifica levemente o sistema operacional, alguns ícones, tem um sistema de temas também. um aplicativo, que gerencia a memória ram e os processos do smartphone me irritou bastante. Parece aqueles antivírus like baidu.

Android do A5 Max Led EditionAndroid do A5 Max Led EditionAndroid do A5 Max Led Edition

O app Light Show é responsável por controlar os leds da capa traseira. É nele que você escolhe qual o tipo de animação.

Fora isso, é um sistema Android como qualquer outro smartphone, similar aos Motorolas, em listas e menus.

 

Veredicto

O veredicto de um teste é indicar a compra ou não. Sinceramente pelo preço atual, custando na faixa de R$ 700 a R$ 900, o smartphone é uma opção a considerar. Para uso cotidiano, ele vai servir bem.

Alcatel A5 Max Led EditionAlcatel A5 Max Led Edition

O som é outro ponto a enaltecer. Não é o melhor que vamos encontrar em um smartphone nessa faixa de preço, mas está entre os melhores.

O problema principal que encontrei nele foi a defasagem de sistema operacional, não pelo fato de manter o aparelho atualizado, mas principalmente por questões de segurança que foram corrigidas em versões mais recentes.

E não esquecendo, a traseira de LED é bacana demais, eu curti.

Vamos aos pontos fracos e fortes:

Pontos fortes:

  • Tela: apesar de HD, ela tem cores vivas.
  • Som: O som não é estéreo, tem uma única saída que pode ser abafada quando usado o smartphone no sentido paisagem, mas é realmente um dos melhores na faixa de preço.
  • Painel de LED: Nunca vi algo parecido em outro smartphone. Apesar de não influenciar em nada na performance do telefone, a capa com leds deixou a pegada do aparelho melhor.

Pontos fracos:

  • Aplicativo de gerenciamento: não gostei do app, que sempre mantém aberto. E não consegui remover ele, nem sequer desativar.
  • Android 6.0: Em 2017?

+ Reviews
    Assine a nossa newsletter
    Relacionado
    Comentários