Fim dos smartphones explosivos? Bateria à base de água

Bateria à base de água pode ser a solução para o fim dos celulares explosivos.

Por | @oficinadanet Smartphones

A bateria é um dos pontos fortes na hora de escolher um novo produto eletrônico. No geral, as pessoas observam o seu componente principal, que alimenta o dispositivo, e ainda a sua qualidade.

Após alguns problemas envolvendo os smartphones e suas baterias explosivas, um grupo de pesquisadores da Universidade norte-americana de Maryland encontrou uma promissora alternativa com a intenção de acabar com as explosões nos eletrônicos, principalmente em smartphones. A solução para isso é uma nova bateria a prova de água.

O relatório, divulgado no início de setembro através do jornal científico Joule, revelou como a tecnologia iria funcionar.

Bateria a água?Bateria a água?

Leia também:

Os celulares atuais são alimentados por baterias de íons-lítio, que contam com eletrólitos que auxiliam no transporte de íons entre os eletrodos. Assim sendo, tais condutores elétricos são feitos a partir de produtos químicos orgânicos, sendo que podem entrar em combustão facilmente em alguns casos.

Os cientistas, então, desenvolveram os eletrólitos à base de água, sendo que a água não costuma ser muito reativa na natureza, estes módulos não contam com um grande poder destrutivo.

No lugar de íons de lítio na condução elétrica, os pesquisadores desenvolveram uma bateria fundamentada na água, que acaba ocupando o lugar dos compostos químicos orgânicos. Os eletrodos desta nova bateria possuem um revestimento que não se degrada quando entra em contato com o eletrólito à base de água.

Os resultados atuais foram melhores que os já testados no passado. No entanto, este módulo pode apenas funcionar por cerca de 70 ciclos de carga.

Porém, levando em consideração que os celulares precisam de 500 ciclos, os pesquisadores estão avaliando como podem resolver tal questão para que a tecnologia possa um dia ser implantada em dispositivos comerciais.

Mais sobre: smartphones bateria agua
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar