Criadores do Petya pedem resgate em bitcoins para liberação de chave global

Especialistas não recomendam pagar o valor solicitado no resgate.

Por Segurança digital Pular para comentários
Criadores do Petya pedem resgate em bitcoins para liberação de chave global

Recentemente, um novo malware causou problemas no mundo. Chamado de Petya, o ransomware, após atacar um computador, solicitava um valor para que as informações fossem descriptografadas.

Agora, o grupo hackers por trás do Petya e do NotPetya fizeram uma declaração através do Pastebin solicitando 100 bitcoins para liberar a chave que da acesso aos arquivos encriptados em computadores que foram sequestrados. Levando em consideração a cotação atual, 100 bitcoins correspondem a US$ 256 mil, cerca de R$ 850 mil.

Criadores do Petya pedem resgate em bitcoins para liberação de chave globalCriadores do Petya pedem resgate em bitcoins para liberação de chave global

Os ransomwares Petya e o NotPetya possuem basicamente as mesmas características, eles criptografam máquinas e pedem bitcoins para a liberação de arquivos. Como diferencial, o NotPetya apaga os arquivos após o pagamento.

Tanto o Petya quanto o NotPetya ainda afetam máquinas de hospitais, empresa e também instituições governamentais com o Windows 7. Vale notar que os problemas com o WannaCry foram bem maiores, já que afetou mais de 300 mil computadores em mais de 150 países do mundo.

No que diz respeito a solicitação dos hackers que estão por trás do Petya e do NotPetya, acredita-se que eles realmente devam liberar a chave privada. Para completar, eles deixaram um link para uma sala de chat, assim sendo, será possível negociar caso a caso.

Vale ressaltar que, especialistas em segurança digital não recomendam o pagamento de ransomware, já que o crime virtual geral bilhões de dólares todos os anos no mundo.

A medida mais eficaz ainda é a prevenção, assim, é recomendável manter um backup seguro de tudo que possui online, ou seja, usar a nuvem para tal fim e ainda utilizar um bom antivírus.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Segurança digital