Samsung pode trazer publicidade integrada na interface, assim como a Xiaomi

Um novo registro de marca da Samsung indica um possível novo serviço que permitiria publicidade integrada do OneUI de smartphones e tablets.

Por Samsung Pular para comentários
Samsung pode trazer publicidade integrada na interface, assim como a Xiaomi

Todo mundo já conhece o modelo de publicidade integrada da Xiaomi, com anúncios dentro da própria interface, ou seja, a sobreposição MIUI no Android. Bom, não é nem de longe uma qualidade, e tampouco uma característica que agrada usuários, porém a Samsung está indicando que tomará o mesmo rumo na OneUI.

Uma nova interface sobreposta ao Android da empresa sul-coreana pode estar trazendo consigo publicidade integrada. De fato se trata de uma estratégia lucrativa para as empresas, possibilitando até mesmo uma redução de custos dos aparelhos no futuro, se a competitividade assim o exigir. Entretanto, a Xiaomi desde o início utiliza dessa estratégia, então usuários da Xiaomi estão mais que cientes e acostumados com essa forma de publicidade, diferente de usuários Samsung que podem ter de se adaptar forçadamente.

Essa possibilidade surgiu a partir de um novo pedido de registro de marca que foi descoberto no Gabinete de Propriedade Intelectual da União Europeia. Trata-se de um Classe 5, querendo trazer a marca Samsung Ads para novas áreas e novos equipamentos.

OneUI - imagem/reproduçãoOneUI - imagem/reprodução

O registro ainda não está aprovado, mas possibilita a entrada de serviços de publicidades principalmente para smartphones e tablets da marca. Além disso, também permitiria anúncios através de redes móveis, software para uso em publicidade e software para alugar espaços publicitários em sites.

A Samsung já apresenta algo similar em suas Smart TVs, tratando-se de uma expansão do serviço para outros dispositivos, dando às empresas mais um espaço de publicidade, agora na OneUI, para apresentar os seus produtos.

É evidente que existe já um público que aceita essa maneira de publicidade nos smartphones, mas pode não ser o público que compra Samsung. Assim, a empresa pode estar ferindo a própria fidelidade de seus consumidores.

Compartilhe com seus amigos:
Bruno Ignacio de Lima
Bruno Ignacio de Lima Jornalista, gamer e geek. Louco por tecnologia. Redator de smartphones e novidades tecnológicas aqui no Oficina da Net
Quer conversar com o(a) Bruno, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias