O que é Shadowban?

Com o fervor político vivido em diversos países nos últimos anos, como Brasil e Estados Unidos, muitos usuários acabaram se enaltecendo em debates. Isso expôs uma política que já era usada há muito tempo em redes e mídias sociais, conhecido como shadowban.

Por Redes sociais Pular para comentários
O que é Shadowban?

Nos últimos anos, as plataformas de mídia social tiveram um crescimento enorme. Redes sociais nunca param de receber novos usuários. No entanto, a maioria das pessoas que não obedece às regras, não consegue usar a plataforma. Mas afinal, o que é o Shadowban? E o que você pode fazer para impedir que uma plataforma de mídia social faça isso com você?

O que é Shadowban?

As plataformas de mídia sociais podem banir usuários de algumas maneiras diferentes. Você perde o acesso à sua conta por um curto período ou indefinidamente. Também é possível que o usuário seja proibido de fazer uma nova conta, se a ofensa for séria o suficiente para uma proibição de IP, que é quando a plataforma bloqueia seu endereço IP.

Shadowban (Banir à sombra, em livre tradução) não é um conceito novo; é freqüentemente usado em fóruns e redes sociais. E o que significa? 

Em vez de expulsar alguém, as proibições do Shadowban tornam a postagem de uma pessoa visível apenas para o usuário que a criou. A ideia é proteger os outros contra conteúdos prejudiciais, enquanto, eventualmente, leva o usuário banido a deixar voluntariamente o fórum, devido à falta de engajamento.

Se a plataforma proibir completamente um usuário de usar o serviço, e a pessoa estiverciente disso, provavelmente ela vai apenas criar outra conta e continuar o comportamento ofensivo.

O Shadowban foi a única forma de proibição do Reddit por anos, e foi usada pelo site até novembro de 2015 .

A prática é semelhante ao que o Facebook faz com a desinformação. A rede social assume que, em vez de banir completamente as páginas por trás de fraudes e desinformação, prefere rebaixar seus posts, para que menos pessoas vejam.

O Shadowban é normalmente usado para parar bots e trolls, diz Zack Allen, diretor de operações de ameaças da ZeroFox, uma empresa que se concentra na segurança de mídia social.

"Isso pode ser eficaz no combate a bots, onde 'bot pastores', que mantêm essas contas, não sabem necessariamente se seus bots estão ou não sendo vistos por outras pessoas".

As pessoas estão realmente sendo banidas?

Nos últimos anos, tem havido inúmeras reivindicações de Shadowban em diferentes plataformas de mídia social. Com o ambiente politicamente carregado, tornando mais difícil do que nunca distinguir as notícias genuínas das fake news, as plataformas de mídia sociais foram acusadas de ter um viés. E acusadas de usar o Shadowban para silenciar as opiniões das quais não gostam.

Shadowban no Twitter

Um grande número de usuários afirmam que o Twitter pratica Shadowban, e que foram vítimas. As acusações começaram em 2016, dizendo que, supostamente, o Twitter estaria banindo as pessoas que apoiavam o Partido Republicano (de Donald Trump) nos EUA.

No entanto, a situação se intensificou em 2018, depois que o site Vice News afirmou que o Twitter estaria banindo políticos proeminentes republicanos, que foi logo seguido por um tweet do presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump:

Tradução: o Twitter faz "SHADOW BANNING" com republicanos proeminentes. E isso não é bom. Abram os olhos para essa prática discriminatória e ilegal de uma vez por todas! São muitas queixas.

O Twitter foi rápido em responder, afirmando em um post no blog que eles nunca usaram a prática. O post dizia que o Twitter usava o ranking, que classificava tweets como "de má fé".

Aparentemente, o Twitter determina isso de acordo com vários fatores, que têm a ver com a autenticidade da conta e como o usuário usa sua conta.

O Twitter também afirmou que a afiliação política não era um desses fatores, e que não estava praticando shadowban, mas apenas um bug que afetava centenas de milhares de contas, não permitindo que elas aparecessem nas sugestões automáticas de busca. O Twitter resolveu esse problema, mas as acusações continuam.

Shadowban no Instagram

O Instagram teve muitas reclamações dos usuários sobre como suas postagens alcançam apenas alguns de seus seguidores. As acusações de shadowban começaram em 2017. Isso aconteceu depois que postagens de alguns usuários pararam de aparecer para usuários que não as seguiam, especialmente sob a pesquisa de hashtag.

Muitos usuários alegaram que isso era um tipo de shadowban. O Instagram respondeu com uma postagem que basicamente pedia aos usuários que melhorassem o conteúdo dos posts. O post nem sequer reconheceu o conceito de shadowban.

No entanto, isso não convenceu. O suporte do Instagram chama a atenção por não ter nenhum canal de reclamação e sugestões. O algoritmo do Instagram é conhecido por ser difícil de ser quebrado.

Shadowban no Facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo. Usuários acusaram a gigante de mídia social de priorizar os anunciantes sobre usuários, por anos. Essas preocupações expandiram-se para o shadowban, especialmente em 2018. Muitos usuários reclamam de suas postagens e comentários, de repente, não obtém mais reações.

O Facebook também é uma das maiores plataformas de compartilhamento de notícias, o que complica esse tópico. A plataforma de mídia social tem a gigantesca tarefa de curar conteúdo de notícias, enquanto filtra as fake news. No entanto, os usuários afirmam que a rede social tem um viés inerente. O Facebook forneceu um esclarecimento sobre isso.

Em 2018, o co-fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, testemunhou em frente ao Congresso e disse que o Facebook apoia a liberdade de expressão. Ele também afirmou que o Facebook está trabalhando para garantir a sinalização apenas de notícias falsas, e não apenas opiniões impopulares. São apenas as falhas em seu algoritmo para combater o conteúdo nocivo, que pode restringir acidentalmente alguns usuários. Zuckerberg garantiu aos usuários que eles estão constantemente trabalhando nas falhas. 

Como evitar o uso de shadowbanned

Cada plataforma tem um conjunto de regras a seguir, principalmente chamadas de diretrizes da comunidade. A maioria das diretrizes são de senso comum atualmente. No entanto, há uma pequena chance de alguém acidentalmente violar essas diretrizes sem perceber.

A parte mais importante é não publicar conteúdo explícito ou ofensivo, ou notícias de fontes não verificadas. No que diz respeito aos comentários, na maioria das vezes, você só tem que ser legal e educado.

As redes sociais também sinalizam atividades suspeitas. Isso significa que você precisa ter os detalhes da sua conta atualizados, e seu e-mail confirmado. Você também precisa garantir que não está postando de maneira que pareça um spammer ou bot. Usar hashtags proibidas também é uma má ideia, se você quiser evitar ser banido.

Não há uma maneira real de determinar se as redes sociais estão realmente tentando banir as opiniões de que não gostam, ou apenas tentando garantir que o conteúdo que os usuários estão divulgando seja seguro para todos. De qualquer maneira, o ônus recai sobre nós, como usuários, para ter cuidado e manter as regras, ou corremos o risco de sermos silenciados.

Compartilhe com seus amigos:
Mais sobre: shadowban
Priscilla Kinast
Priscilla Kinast Estudante de Ciência e Tecnologia na UFRGS - Universidade Federal do RS, apaixonada por inovações tecnológicas, mistérios da ciência, bem como filmes e séries de ficção científica
FACEBOOK // INSTAGRAM: @priscillakinast // TWITTER: @prkinast
Quer conversar com o(a) Priscilla, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Redes sociais