Anonymous invade site do governo americano e ameaça divulgar dados confidenciais

O grupo Anonymous ameaça divulgar documentos confidenciais do governo dos Estados Unidos. Tudo incide a acreditar que o grupo está tentando vingar a morte de Aaron Swartz recentemente e divulgada aqui.

Por | @nmuller99 Segurança digital

O grupo Anonymous ameaça divulgar documentos confidenciais do governo dos Estados Unidos. Tudo incide a acreditar que o grupo está tentando vingar a morte de Aaron Swartz recentemente e divulgada aqui.

O grupo invadiu o site da Comissão de Penas, uma agência governamental norte-americana ligada ao sistema judicial. No site foi colocada uma mensagem "um limite foi ultrapassado", se referindo a que Swartz teve que cometer suicídio para não cumprir a pena que lhe estavam incumbindo. Swartz respondia a um processo por invasão e vazamento de documentos do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) e poderia ser condenado a 30 anos de prisão, além de pagar uma multa de US$ 4 milhões. A pressão da promotoria teria levado o jovem ao suicídio, segundo acreditam seus pais e o próprio Anonymous.

Para dar uma resposta à altura, o grupo lançou a operação "Last Resort" (Último Recurso, em tradução livre), onde obtiveram uma grande quantidade de documentos sigilosos e disponibilizaram uma parte para download no próprio site do Departamento de Justiça - que agora está fora do ar.

"Os conteúdos são variados e não vamos arruinar as especulações revelando-os. É suficiente dizer que todo mundo tem segredos e algumas coisas não devem ser públicas. Em intervalos regulares a partir de hoje, iremos selecionar meios de comunicação e fornecer a eles conteúdos parciais do arquivo", garante o Anonymous. 

Confira o vídeo divulgado pelo grupo: 

E você concorda com as atitudes do grupo Anonymous? Comente abaixo:

Mais sobre: anonymous, segurança, aaron swartz
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.