Aaron Swartz, um dos criadores do RSS, morre aos 26 anos

Uma das figuras da internet, Aaron Swartz, ajudou a criar o RSS, um sistema utilizado por quase 100% dos sites

Por | @nmuller99 Internet

Uma das figuras da internet, Aaron Swartz, ajudou a criar o RSS, um sistema utilizado por quase 100% dos sites, onde permite que os usuários possam ler manchete das notícias e novidades do site em seu e-mail ou leitor de RSS. Também é um dos criadores do site Reddit, uma rede social de compartilhamento de notícias.  

O jovem e 26 anos cometeu suicídio, ontem dia 11 de janeiro em Nova York. A informação foi divulgada por um tio de Swartz e confirmada pelo advogado dele. Nascido em 1986, Swartz era ativista da internet, criou o site Demand Progress, criado para obter mudanças progressivas nas políticas. Ajudou a criar o RSS aos 14 anos de idade.

Aluno da Universidade de Harvard, ficou conhecido após ser acusado em julho de 2011 de hackear os servidores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e roubar cerca de 5 milhões de artigos acadêmicos. Na época, a juíza Carmen Ortiz, do distrito de Massachusetts, afirmou que Swartz invadiu uma área restrita do MIT. "Roubo é roubo, não interessa se você usa um computador ou um pé-de-cabra, e se você rouba documentos, dados ou dólares", disse Carmen em comunicado à imprensa.

Swartz sofria de depressão e frequentemente passava por crises de enxaqueca.

Mais sobre: Aaron Swartz, internet, rss
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários