Computador mais velho do mundo volta a ativa

The Witch (A Bruxa, em português), computador digital mais antigo do mundo, voltou a ser ligado nesta terça-feira no Reino Unido

Por | @oficinadanet Hardware

“The Witch” (“A Bruxa”, em português), computador digital mais antigo do mundo, voltou a ser ligado nesta terça-feira no Reino Unido. A máquina, que pesa mais de duas toneladas, será exposta como peça de museu após três anos de reparo.

O computador foi ligado no Museu Nacional do Computador em Buckinghamshire (centro da Inglaterra), ao qual vários de seus criadores, juntamente com estudantes que aprenderam a programar com ele, apertaram o botão “on”, dando início ao seu funcionamento.

A histórica máquina começou a ser construída em 1949 e, nos anos 50, acabou se tornando a peça central do programa britânico de Pesquisa de Energia Atômica. A missão da máquina era facilitar o trabalho dos cientistas, realizando operações matemáticas, que antes eram feitas em simples máquinas de calcular. Em 1957, a estrondosa máquina acabou sendo substituída por computadores mais velozes e pequenos e assim, acabou sendo transferida para a atual Universidade de Wolverhampton (leste da Inglaterra), ao qual foi muito utilizada para ensinar os primeiros alunos de informática a programar.

Após, o computador foi transferido para o Museu de Ciência e Indústria de Birmingham, porém, com seu fechamento, “The Wich” acabou sendo desmontado e levado a um armazém municipal no ano de 1997.

Há três anos atrás, Kevin Murrel, membro do conselho de administração do Museu Nacional do Computador, acabou reconhecendo o painel da máquina através de uma fotografia. Por fim, após três longos anos, uma equipe conseguiu recuperar o equivalente a 1.390 pelas originais.

Mais sobre: computador velho museu
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo