Banda Larga passa a ter novas regras

De acordo com a nova Resolução 574/2011, ao qual se estabelece novas regras a banda larga no Brasil, diz que o país pretende garantir maior velocidade e melhor atendimento aos consumidores

Banda Larga passa a ter novas regras

De acordo com a nova Resolução 574/2011, ao qual se estabelece novas regras a banda larga no Brasil, diz que o país pretende garantir maior velocidade e melhor atendimento aos consumidores.

Conforme determinação da Anatel, a partir da publicação desta nova resolução, a velocidade de banda larga no Brasil deverá ser de pelo menos, 60% do contratado ao mês, além desta medida, a velocidade instantânea deverá ser de pelo menos 20% do contratado; já para 2014, a velocidade deverá passar para 80% do contratado ao mês e a velocidade média deverá ficar em 40% na média instantânea. Vale lembrar que estas metas serão ampliadas ano a ano.

A empresa de telecomunicações prometeu maior rigor sobre as empresas de distribuição deste serviço, onde passará ela a aferir a qualidade da banda larga fixa em todo o país, nos provedores: Cabo Telecom, CTBC, Embratel, GVT, Net, Oi, Sercomtel e Vivo.

5 Fones Bluetooth, qual comprar?

Conteúdo relacionado

O melhor intermediário para importar? OnePlus Nord 2 5G Review
Celulares

O melhor intermediário para importar? OnePlus Nord 2 5G Review

Já pensou em comprar um celular intermediário top, com tela boa, câmera de 50MP da Sony e preço competitivo? É o Oneplus Nord 2

Por que no Brasil as operadoras não precisam entregar 100% da conexão contratada?
Internet

Por que no Brasil as operadoras não precisam entregar 100% da conexão contratada?

Consumidores recebem atualmente 80% da taxa de transmissão média mensal e 40% da taxa de velocidade contratada. Estes números são determinados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Elon Musk abre empresa no Brasil para vender Internet de alta velocidade
Internet

Elon Musk abre empresa no Brasil para vender Internet de alta velocidade

A Starlink abriu um cadastro junto a Receita Federal para iniciar às vendas da internet banda larga nos próximos meses em algumas regiões do país.