Grupo Anonymous suspende apoio ao WikiLeaks

O grupo Anonymous anunciou que não irá mais apoiar o WikiLeaks. A decisão, que foi anunciada através do Twitter (@AnonymousIRC), na qual o grupo a acusa a degeneração do Wikileaks

Por | @oficinadanet Internet

O grupo Anonymous anunciou que não irá mais apoiar o WikiLeaks. A decisão, que foi anunciada através do Twitter (@AnonymousIRC), na qual o grupo a acusa a degeneração do Wikileaks a uma luta de egos centrada ao redor de Julian Assange, um dos seus fundadores que está atualmente na embaixada do Equador em Londres.

"Nós não estamos mais seguindo o @WikiLeaks e estamos retirando nosso apoio. Foi uma ideia sensacional, arruinada por egos", diz uma das notas. "Nós nos unimos a qualquer um que lute pela liberdade de informação. O WikiLeaks não é mais guiado por isso. É pelo dinheiro", informou a segunda.

A mais recente campanha de angariação de fundos do site Wikileaks, pelo fundador Julian Assange, fez com que o grupo de Anonymous retirasse o apoio à organização.

 "Nós temos nos preocupado com a direção que o WikiLeaks vem tomando. No último mês, o foco saiu dos vazamentos de informação e da real luta pela liberdade de informação para se concentrar mais e mais em Julian Assange", diz um texto do Anonymous também divulgado na série de tweets. Neles, o grupo defende a inocência do ativista, mas alertam que o "WikiLeaks não é - ou não deveria ser - somente sobre Julian Assange".

"Para nós, a conclusão é que não podemos mais apoiar o que o WikiLeaks se tornou - um show de um homem, de Julian Assange. Mas nós também queremos deixar claro que ainda apoiamos a ideia original por trás do WikiLeaks: liberdade de informação e transparência de governos. Infelizmente nós nos damos conta que o WikiLeaks não mais luta por esta ideia", finalizou o comunicado. "Nós vamos lutar pela liberdade de informação e apoiar qualquer um que busque este mesmo ideal".

Mais sobre: Anonymous apoio Wikileaks
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar