Balão enorme de magma cresce debaixo da ilha grega de Santorini

Uma informação alarmante foi publicada na última edição da revista Nature Geoscience, onde cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, declararam que um enorme balão de magma está crescendo debaixo da ilha paradisíaca grega de Santorini

Por | @oficinadanet Internet

Uma informação alarmante foi publicada na última edição da revista Nature Geoscience, onde cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, declararam que um enorme balão de magma está crescendo debaixo da ilha paradisíaca grega de Santorini.

De acordo com os estudos, entre janeiro de 2001 a abril de 2012, uma câmara de rocha fundida abaixo do vulcão dessa ilha cresceu cerca de 20 milhões de metros cúbicos, ou seja, o equivalente a 15 estádios olímpicos de Londres. Vale salientar que a última erupção deste vulcão, ocorreu há 3.600 anos.

Conforme imagens capturadas por satélites e GPS, a ilha obteve uma expansão de sua superfície entre 8 a 14 centímetros. Com tantos estudos, esses mesmos vêm ajudando os cientistas a entenderem melhor sobre o trabalho interno que ocorre no vulcão, cuja última erupção ocorreu há 3.600 anos, quando a ilha de Santorini quase ficou escondida debaixo de muitas pedras-pomes.

Os sinais mais recentes desta expansão puderam ser observados realmente nos últimos 10 a 20 anos. Mas uma pergunta intriga muito os cientistas; quando o vulcão voltará à atividade?

Os cientistas informaram que a ilha está se transformando em uma verdadeira bomba relógio, pois segundo eles, os abalos sísmicos já diminuíram nos últimos meses. Para o professor David Pyle, um dos autores deste estudo, o grande desafio deste projeto é analisar como as informações passadas pelo vulcão se relacionam com o que já se sabia dele no passado, sendo que essa formação é uma das poucas que se tem informação de seu histórico detalhado.

 

Mais sobre: ciência vulcão magma
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo