Uso do Skype e Google Talk pode render 15 anos de prisão na Etiópia

De acordo com o Al Jazeera, os etíopes que usarem os serviços de comunicação como o Skype e o Google Talk, podem ficar presos por 15 anos. A medida, que foi implantada no país há cerca de um mês, tem como objetivo proteger comercialmente a empresa estatal de telecomunicações Ethio Telecom, a única

Por | @RafaelaPozzebon Internet

De acordo com o Al Jazeera,  os etíopes que usarem os serviços de comunicação como o Skype e o Google Talk, podem ficar presos por 15 anos.  A medida, que foi implantada no país há cerca de um mês, tem como objetivo proteger comercialmente a empresa estatal de telecomunicações Ethio Telecom, a única que opera a internet no país.

A imprensa internacional teve acesso a essas informações somente agora. O governo da Etiópia disse que a medida só foi implantada por “questões de segurança nacional”. Deste modo, a única companhia pode impor os valores que desejar, pois não há concorrência.

A medida aplicada no país não está dando conta apenas dos serviços VoIP, mas também dá direitos ao Ministério da Tecnologia da Informação e Comunicação supervisionar como também licenciar as atividades das empresas privadas que importam produtos ou mesmo qualquer serviço que tenha relação com  a comunicação de informações.

Nas mídias sociais, o “tráfego de dados de áudio e vídeo” também está proibido. Ainda não foi esclarecido como tudo isso será controlado pelo governo, para tanto, o aviso já foi feito, quem não acatar a lei ficará 15 anos na cadeia.

Mais sobre: skype, etiópia, governo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.