Trem autônomo é capaz de circular seguindo marcações no chão

O veículo conta com sensores que conseguem identificar o caminho a ser seguido através das marcações no chão e possíveis obstáculos.

Por | @fsbeling Tecnologia

Uma empresa chinesa conseguiu desenvolver um trem autônomo que consegue identificar seu trajeto através de faixas pintadas no asfalto.

O ART (Autonomous Rapid Transit) foi criado pela empresa CRRC que realiza o design, fabricação, testes, comissionamento e manutenção de locomotivas e material circulante. A novidade vem equipada com sensores que conseguem identificar as marcações no chão e possíveis obstáculos.Além disso, conta com sistema de autocondução mas que no momento não será utilizado para evitar acidentes. Quanto ao porte, o trem conta com três vagões sendo que cada um tem capacidade para transportar 100 passageiros. Em breve deve contar com uma versão de cinco vagões.

De acordo com o engenheiro chefe do projeto, Feng Jianghua, o ART é a melhor alternativa para meios de transportes para pequenas e médias cidades da China, pelo baixo custo de fabricação.

Comparou os investimentos necessários para construção de metrô e o projeto ART. Enquanto que para a construção de 1km de metrô se faz necessário R$ 192 milhões para o projeto completo do ART o investimento é de apenas R$ 7 milhões.

Como o ART é movido a energia elétrica com uma única carga consegue rodar 40 km. A inauguração do trem está prevista para acontecer em 2018 na cidade de Zhuzhou, município chinês com 3 milhões de habitantes.

Mais sobre: trem, autônomo, ART
Share Tweet
DESTAQUES
Mais compartilhados
Comentários