Anatel veta a venda de microcelulares no Brasil

Os microcelulares foram proibidos pela Anatel. Toda e qualquer comercialização destes está fora da lei. Caso lojas descumpram a ordem, que começou a valer na última quarta-feira (17), poderão receber multa.

Por | @RafaelaPozzebon Smartphones

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibiu a venda de microcelulares no Brasil. Os aparelhos não podem mais ser comercializados no país já que não possuem certificação do órgão e também não passaram pelos processos de homologação.

Microcelular proibido pela AnatelMicrocelular proibido pela AnatelOs microcelulares, que no geral são fabricados na China, medem em torno de 6 centímetros, e são feitos praticamente de plástico, e se assemelham muito a brinquedos. Eles podem ser encontrados por valores entre R$ 150 e R$ 250 e servem apenas para receber e fazer ligações e enviar mensagens SMS.

Os aparelhos, por ser acessíveis, acabaram parando nas penitenciárias do Brasil. Possuem ainda formatos diferenciados, como chaves e miniaturas de carros de luxo BMW, Porsche, Ferrari e Audi, enquanto seus tamanhos são proporcionais a uma tampa de caneta ou isqueiro.  

A Anatel, através de nota, disse que já enviou um ofício para o Mercado Livre, a maior plataforma de comercialização do aparelho. Caso a loja descumprisse a ordem, que começou a valer na última quarta-feira (17), poderá receber uma multa.

O Mercado livre, através de nota, disse que já “identificou os anúncios denunciados pela Anatel e já está providenciando sua remoção”. De acordo ainda com o site, os anúncios não estão de acordo com os Termos e Condições da Plataforma, sendo assim, não poderiam ser comercializados.

Mais sobre: Anatel, Brasil, Mercado Livre
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.