Cabo aquático irá ligar Brasil e Espanha para garantir segurança de dados de usuários

Cabo submarinho será responsável por proteger dados de usuários.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Brasil e Espanha irão construir um cabo submarino que deverá unir as cidades de São Paulo e Madrid através de anéis de fibra blindada. A intenção do projeto é desviar as comunicações para fora dos Estados Unidos, redirecionando as chamadas telefônicas e a navegação através da internet.

O anúncio do projeto foi feito nesta semana pelo primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy. De acordo com ele, a obra deverá ajudar a aumentar a privacidade e a segurança dos dados de todos os usuários. A expectativa é que a implantação aconteça até 2019.

“A conexão reduzirá o tempo de transmissão de dados em 40%, e ganharemos em qualidade, disponibilidade e segurança nas comunicações", disse Rajoy.

EllaLink - apresentação do cabo submarino que ligará Brasil e EspanhaEllaLink - apresentação do cabo submarino que ligará Brasil e Espanha

Nomeado de EllaLink, o cabo terá 9.200 quilômetros de extensão e capacidade de 72 terabytes por segundo. Ele deverá ligar os arquipélagos da Madeira, as Ilhas Canárias e Cabo Verde, na África.  O sistema de cabeamento será desenvolvido pela Alcatel Submarine Networks (que integra o grupo Nokia).

O CCO da EllaLink, Marcelo Rehder, disse que o projeto ainda está na fase de fechamento financeiro, e ainda será necessário alguns meses para estabelecer um valor estimado dos custos.

Mais sobre: redesdecomputadores bandalarga brasil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo