Milionários de negócios distintos mostram que na internet é possível ganhar com tudo

Como é possível realmente ganhar dinheiro com internet. Veja alguns casos de sucesso.

Por | @oficinadanet Negócios

Atualmente, a Terra tem cerca de 7,2 bilhões de pessoas. Dessa quantidade total, cerca de 3,2 bilhões têm acesso a internet. O que torna esse fenômeno ainda mais impressionante é o fato de que a popularidade da rede virtual só começou a crescer há duas décadas. Com tantos usuários assim, não é de se assustar que vários milionários e alguns bilionários surgiram através de negócios na internet.

E não pense que são só gerentes e criadores de redes sociais que conseguem viver muito bem através do trabalho no mundo virtual. A lista vai entre esportistas até empresários do ramo da cadeira, e separamos três que criaram fortunas através de negócios totalmente distintos.

O primeiro caso de destaque é de Sean Belnick, fundador da BizChair. Esse norte-americano já era um destaque no mundo dos negócios aos 14 anos, quando ganhava cerca de US$ 1 mil por mês vendendo coleção de Pokemon e outras coisas na internet. O dinheiro que Belnick ganhava desde a adolescência como um empresário em ascensão tornou renda para investimento em outro ramo.

Ainda adolescente, Belnick enxergou no mercado imobiliário a oportunidade de investir. Desembolsou cerca de US$ 600 em servidores de internet para fundar a BizChair, empresa que atualmente tem clientes como Google e Facebook.

Milionários de negócios distintos mostram que na internet é possível ganhar com tudo

Em 2008, quando Belnick tinha apenas 21 anos, a empresa já valia cerca de US$ 24 milhões. Ainda sem chegar aos 30, ele é um dos casos de maior sucesso entre empreendedores online da história.

Além de Belnick, outro que ficou milionário através de um segmento pouco provável é Jake Nickell. Fundador da Threadless, aos 30 anos ele já tem uma empresa que gira na casa dos US$ 50 milhões.

O Threadless é um site em que o usuário faz o design das roupas e coloca à venda na loja virtual. Para cada venda que acontece, o criador da camisa ganha um percentual e o site fica com outra parte. Esse negócio milionário foi criado em 2000.

Além de camisas e cadeiras, outro milionário que veio da internet, só que através do esporte, é Nial Farrell.

Esse escocês teve uma trajetória inusitada até chegar ao status de milionário. Antes um atendente em empresa de telefone, ele depositou US$ 1 mil para jogar poker online e, através de muita competência, se tornou um jogador de destaque e nunca mais precisou trabalhar na profissão antiga.

Em 2009, aos 21 anos, o escocês logo viu o seu investimento se tornar em lucro. Isso o impulsionou a subir mais e buscar outras maneiras de ganhar dinheiro. “Eu comecei apenas como um jogador online por volta de 2009, e tenho tido muita sorte por ter tanto sucesso em todos os sites, o que me permitiu, por sua vez, "ingressar" nos maiores cacifes da arena ao vivo”, diz Farrell.

O jogador não tem o mesmo patamar financeiro de Belnick e Nickell, mas entre torneios online e ao vivo o escocês já faturou cerca de US$ 3,5 milhões, se tornando um dos jogadores mais bem pagos do Reino Unido. Com apenas 29 anos, Farrell tem muito tempo pela frente para crescer ainda mais essa quantia recebida em prêmios e continuar crescendo um legado que começou com a internet.

Seja nos empreendimentos ou no esporte, a internet é um mundo de possibilidades que pode formar jovens milionários e exemplos não faltam. Basta ter uma ideia inovadora e ser competente o suficiente para se tornar uma referência no assunto.

Mais sobre:
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo