Criador da tecnologia de íon-lítio desenvolve modelo melhor de bateria

Mesmo com idade avançada, criador da tecnologia de íon-lítio mostra que ainda tem muito a contribuir para o mundo.

Por | @oficinadanet Tecnologia

John B. Goodenough, de 94 anos, é conhecido no mundo inteiro por ter desenvolvido a tecnologia de íon-lítio. Mesmo com a idade avançada, o professor da Universidade do Texas ainda está bastante ativo e mostra que tem muito a ensinar. Recentemente, Goodenough anunciou a criação de uma alternativa melhor para sua antiga invenção.

Criador da tecnologia de íon-lítio desenvolve modelo melhor de bateria

O professor, em parceria com a pesquisadora sênior Maria Helena Braga, da Cockrell School, e de um pequeno time de cientistas, ajudou a desenvolver uma bateria em estado sólido mais segura que as opções de íon-lítio. Ela é capaz de armazenar o triplo de energia, que também pode ser carregada com apenas alguns minutos, e não horas. Além disso, a solução é capaz de suportar uma quantidade maior de ciclos de carga e descarga.

A tecnologia funciona a partir do uso de eletrólitos de vidro, que são responsáveis pela substituição dos líquidos utilizados na solução de íon-lítio. Desta forma, as novas baterias não criam dendritos, elemento responsável pelos curtos-circuitos nos atuais componentes. Falar em curto-circuito em bateria é lembrar do Galaxy Note 7.

Leia também: 

A solução tem a capacidade de operar em temperaturas abaixo de 20 graus Celsius negativos. Agora, Goodenough e a sua equipe estão em busca de parceria com fabricantes que tenham interesse em testar a nova tecnologia em veículos elétricos e sistemas de armazenamento de energia.

Mais sobre: baterias tecnologia lítio
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar