YouTuber PewDiePie perde contrato com a Disney por piadas racistas

A ligação entre Felix Kjellberg com a Disney acontecia através da Maker Studios, uma rede de canais que o ajudava na administração do desenvolvimento de aplicações e merchandising.

Por | @oficinadanet Internet

A Disney revelou que cortou o contrato com o maior youtuber do mundo, PewDiePie, após ele postar uma série de vídeos que fazia piadas relacionadas ao nazismo.

O caso surgiu na segunda-feira (13), sendo que o Wall Street Journal fez um levantamento sobre o conteúdo “Pewdie”. Ele foi responsável pela publicação de nove vídeos com conteúdo antissemita recentemente. Ao questionar a Disney sobre a parceria com o youtuber, ela revelou que o contrato estava encerrado.

YouTuber PewDiePie perde contrato com a Disney por piadas racistas

Leia também:

A ligação entre Felix Kjellberg com a Disney acontecia através da Maker Studios, uma rede de canais que o ajudava na administração do desenvolvimento de aplicações e merchandising. O contrato garantia total liberdade criativa ao youtuber. No entanto, um porta-voz da Disney disse que ele “claramente foi longe demais”.

PewDiePie até reconheceu que passou dos limites em alguns desses vídeos e tocou no assunto em um post que foi publicado recentemente. Sem admitir a culpa, ele diz apenas que “de forma alguma” apoia “esse tipo de atitude odiosa”. “Penso no conteúdo que crio como entretenimento, e não um lugar para comentários políticos sérios”, disse.

Para se ter noção dos vídeos, em um deles homens pagos por Kjellberg aparecem segurando uma placa em que se lê: “Morte a todos os judeus”. Já em outro, um homem com a fantasia de Jesus diz que “Hitler não fez nada de errado”.

Conforme o Wall Street Journal, o Google havia proibido Kjellberg de fazer publicidade em ao menos um dos vídeos, e mais tarde o próprio youtuber removeu três das nove publicações.

Vale lembrar que o canal PewDiePie costumava focar mais em games, porém, com o tempo acabou se voltando ao entretenimento geral e atualmente Kjellberg também é dono de outros negócios, como livros, jogos autorais e ainda uma série no YouTube Red. O seu canal conta com mais de 53 milhões de assinantes e mais de 14 bilhões de visualizações. Somente no ano passado o youtuber arrecadou mais de US$ 15 milhões.

Mais sobre: youtube youtuber videos
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter