Vendas de iPhones superam as expectativas

No trimestre que encerra em dezembro, a Apple comercializou 78,29 milhões de iPhones, acima dos 74,78 milhões do ano anterior.

Por | @oficinadanet Smartphones

No último trimestre de 2016, a Apple superou as expectativas de vendas do seu iPhone. Porém, firmou uma receita abaixo das estimativas para o primeiro trimestre deste ano, já que os clientes evitam fazer comprar dos aparelhos antes do lançamento do novo iPhone.

No trimestre que encerra em dezembro, a Apple comercializou 78,29 milhões de iPhones, acima dos 74,78 milhões do ano anterior. Analistas acreditavam que as vendas fechariam em 77,42 milhões de iPhones no trimestre.

Os resultados chegam positivamente, principalmente em um período em que a demanda global de smartphones diminuiu e as alternativas mais favoráveis ao bolso estão lotando o mercado.

Vendas de iPhones superam as expectativas

 

Leia também:

Em relação aos serviços da Apple, como App Store, Apple Pay e iCloud, teve alta de 18,45 na receita, impulsionado pela popularidade games como Pokemon Go e Mario Run.

Para o atual trimestre, a empresa acredita em uma receita entre US$ 51,5 bilhões e US$ 53,5 bilhões. Analistas aguardam receita de US$ 53,79 bilhões, disse a Thomson Reuters I/B/E/S.

Já o lucro líquido da empresa no trimestre caiu para US$ 17,89 bilhões, ou seja, US$ 3,36 por ação. No anterior o valor era de US$ 18,36 bilhões, ou US$ 3,28 por ação um ano antes.

A receita, no entanto, subiu 3,3%, para US$ 78,35 bilhões, comparado com a estimativa média de US$ 77,25 bilhões.

Samsung X Apple

No mesmo período, a Samsung comercializou 77,5 milhões de Galaxies, sendo que a companhia de Tim Cook ficou na frente, com 78,3 milhões de iPhones vendidos.

As duas empresas ficaram em primeiro e segundo lugar em marketshare, com a Huawei, OPPO e Vico na terceira, quarta e quinta colocação.

Porém, levando em consideração o ano, a Samsung mantém a liderança de mercado, com um total de 309,4 milhões de vendas em 2016, com 20,8% de participação. A Apple, por sua vez, somou 215,4 milhões de vendas (14,5%). 

Mais sobre: apple iphone samsung
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo