Como resolver o problema: “Acesso restrito alterado. O serviço de dados está bloqueado”

Veja duas formas para resolver o problema "Acesso restrito alterado. O serviço de dados está bloqueado"

Por | @nmuller99 Smartphones

Este problema é recorrente, principalmente quem utiliza smartphones da Motorola em conjunto com a operadora VIVO. É um problema de rede de dados, que não consegue conectar corretamente, e fica trocando as frequências de sinal.

Veja também: como resolver os principais problemas da Play Store

Tem alguns celulares que você pode optar pela escolha de qual a rede preferencial, que é automaticamente escolhida pelo smartphone, a medida em que o sinal está melhor, mas nem sempre isso é bom, basta a rede 4G por exemplo estar com problema de dados.

Forma 1:

Esta é uma configuração da rede da VIVO, passada por um atendente da operadora.

  • Proxy: 200.142.130.104
  • Porta: 80

Para alterar vá em:

Configurar > Mais > Redes móveis ou Redes celulares > Pontos de acesso ou Nomes de pontos > Vivo internet. Altere o campo Proxy para o dado acima e faça o mesmo com o campo Porta.

Lembrando que estes campos, por padrão estão em branco. Caso precise voltar atrás, basta fazer o mesmo caminho, remover os dados deles e confirmar a edição.

Forma 2:

Caso a forma 1 não resolva, vamos ter que desativar temporariamente a rede preferencial, e manter outra como padrão. No caso, desativar a 4G e manter a 3G ativa.

Para isto, siga os passos:

Menu > Configurar > Mais > Redes Celulares > Tipo de rede preferencial > Mude a padrão escolhida (pode ser 2G/3G/4G), para 2G/3G, ou apenas 3G.

Lembrando que este passo, vai fazer com que seu celular opere com a rede preferencial escolhida.

Se ainda assim não concluir, minha sugestão é ligar para a sua operadora, o problema é com ela, eles vão passar as informações necessárias.

Confira todos os nossos:

  • Quer receber novidades sobre Motorola?

    Preencha o formulário abaixo para se cadastrar:

  • Preencha para confirmar

Recomendado
Siga nas redes
Mais compartilhados
O QUE LER EM SEGUIDA
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar