Cientistas descobrem que refrigerante diet pode não ajudar no emagrecimento

Dr. Hodin, juntamente com a sua equipe, verificou que o adoçante artificial inibe fosfatase alcalina do intestino (IAP), que é uma enzima intestinal.

Por | @oficinadanet Ciência

De acordo com um estudo publicado por uma equipe de cientistas do Massachusetts General Hospital, em um estudo intitulado como “Applied Physiology, Nutrition and Metabolism” foi encontrado o possível motivo das pessoas não perderem peso através de bebidas lights que usam aspartame. O refrigerante diet pode ser sim uma grande fraude.

Cientistas descobrem que refrigerante diet pode não ajudar no emagrecimento

Leia também:

Richard Hodin, cirurgião do Hospital Geral de Massachusetts e autor sênior do estudo, disse que os “substratos do açúcar como o aspartame são projetados para promover a perda de peso e diminuir a incidência de síndrome metabólica, mas uma série de estudos clínicos e epidemiológicos tem sugerido que estes produtos não funcionam muito bem e até podem piorar a situação”.

Dr. Hodin, juntamente com a sua equipe, verificou que o adoçante artificial inibe fosfatase alcalina do intestino (IAP), que é uma enzima intestinal que os cientistas acreditam que previna a obesidade. Deste modo, mesmo que não haja açúcar na dieta de uma pessoa, o uso da bebida diet não irá contribuir para a perda de peso.

Os estudiosos, para poderem investigar o efeito do aspartame em IAP, examinaram quatro grupos de ratos no período de quatro semanas. Dois grupos foram alimentados com um alto teor de gordura; um grupo recebeu água fortificada com aspartame, enquanto o outro só água potável. Os dois grupos restantes foram alimentados com dietas normais, sendo que um grupo com água e aspartame e outro com água normal. Os ratos que bebiam água com aspartame consumiram o equivalente a três latas e meia de refrigerante diet por dia.

De acordo com os investigadores, “enquanto havia pouca diferença de peso entre os dois grupos alimentados com uma dieta normal, os ratos com uma dieta rica em gordura, e que receberam aspartame ganharam mais peso do que aqueles que receberam água pura”.

Para completar, os ratos que receberam água com aspartame tiveram pressão arterial elevada e ainda níveis de açúcar no sangue mais elevados.

“Embora não possamos descartar outros mecanismos que contribuíram, nossos estudos mostram claramente que o aspartame bloqueia a atividade IAP, independente de outros efeitos”.

Fonte Gizmodo.

Mais sobre: diet aspartame dieta
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo