O poder do e-mail marketing no funil de vendas

O e-mail marketing é um canal poderoso para estabelecer relacionamento e construir laços de confiança entre cliente e empresa.

Comentários Redação   -

Empresas de todos os segmentos necessitam de ferramentas e estratégias para manter um contínuo fluxo de clientes, a fim de assegurar a continuidade do ciclo de vendas. Sites que comercializam produtos ou oferecem serviços precisam despertar o interesse do usuário de maneira assertiva e não-invasiva. Uma das maneiras de garantir um grande volume de leads e manter a proximidade entre cliente e marca é por meio do e-mail marketing.

O e-mail marketing é um canal poderoso para estabelecer relacionamento e construir laços de confiança entre cliente e empresa. Esse tipo de estratégia, quando empregada corretamente, permite que que seus leads sejam qualificados e que eles avancem no funil de vendas, permitindo aumentar a taxa de conversão e melhorar seu ROI.

Como o e-mail marketing pode fazer com que os leads se qualifiquem e avancem?

O principal objetivo do e-mail marketing é facilitar a jornada de compra do lead, organizando as etapas do funil de vendas e fazendo com que esse relacionamento cliente-empresa seja espontâneo e natural, tendo como foco sempre a conversão. É por meio da ferramenta que conteúdos informativos e relevantes chegarão até o cliente, no momento em que ele está buscando conhecer mais sobre o mercado e opções de produtos e serviços.

Dessa forma, o e-mail marketing permite que o processo do funil de vendas seja muito mais rápido e proveitoso, uma vez que leads bem assistidos terão mais segurança na hora de fechar uma compra.

Conhecendo o funil de vendas

O funil de vendas consiste em um processo estratégico para acompanhar e conduzir pessoas, desde o momento em que elas conhecem sua empresa e o seu conteúdo até a decisão final de compra. Também conhecido como pipeline, o funil possui todos os estágios da venda e cada um deles identifica um perfil do consumidor, facilitando e agilizando a gestão de leads. Para que o processo dê certo, é preciso segmentar as informações do cliente através de recursos tecnológicos, a fim de garantir que o conteúdo certo vai chegar até o usuário.  O funil possui 3 estágios:

  • Topo do funil: é a parte mais abrangente e ampla do funil de vendas, consiste na descoberta e no interesse. O topo é a etapa mais fácil para atrair pessoas para sua empresa. Nesse momento, o cliente ainda não está ciente de que tem algum problema e, por isso, não é um comprador em potencial. Para convertê-lo, é preciso enviar conteúdos que instiguem o cliente a buscar soluções de determinada empresa. Exemplo: “Como produzir um conteúdo de qualidade.”
  • Meio do funil: esta etapa representa interesse do usuário em busca de uma solução e é uma oportunidade de tirar dúvidas. É a hora certa de aprofundar conteúdos já compartilhados com o lead, entrando em detalhes que deixem o cliente mais seguro para uma decisão de compra.
  • Fundo do funil: é o momento de decisão final, quando o lead já possui a quantidade e a qualidade de informações que precisa para fechar negócio. Nesse momento, é preciso oferecer conteúdos que auxiliem o cliente na decisão de compra, apresentando seus produtos e serviços e suas vantagens.  O fundo do funil representa a possibilidade de transformar o lead em cliente. É importante perceber que mesmo no fundo do funil um lead pode não finalizar uma compra imediatamente. No entanto, ele permanece no fundo do funil como um lead qualificado. A decisão de compra pode ocorrer alguns meses depois.
 
COMENTÁRIOS

carregando...
Destaques
TOPO